Avaliacao da expressao e mutacao do gene P53 e do oncogene MDM2 no cancer localizado de prostata

Avaliacao da expressao e mutacao do gene P53 e do oncogene MDM2 no cancer localizado de prostata

Título alternativo P53 mutation, P53 and MDM2 expression in prostate cancer
Autor Leite, Katia Ramos Moreira Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O gene p53 e importante na regulacao do ciclo celular e inducao da apoptose. As alteracoes na sua dinamica selam por mutacao, delecao ou anulacao da proteina induzida por degradacao ou formacao de complexos com outras proteinas acontecem em mais da metade dos tumores humanos. As mutacoes do gene p33 sao raras nos carcinomas da prostata e acontecem tardiamente na evolucao desses tumores. O gene MDM2 codifica uma oncoproteina com capacidade de induzir a degradacao de p53. A amplificacao do gene e descrita em um terco dos sarcomas de partes moles e a super-expressao da proteina esta envolvida na progressao de linfomas, leucemias, tumores da mama e bexiga. Estudamos em 118 pacientes submetidos a prostatectomia radical por adenocarcinoma, estadiados clinicamente Tlc-T2, a prevalencia de mutacao do gene p53 por PCR-SSCP e a super-expressao de proteina p53 e MDM2 por imuno-histoquimica. Relacionamos os resultados com grau histologico de 91 Gleason, volume tumoral e estadio tumoral. Em um subgrupo de 28 pacientes estudamos a relacao entre expressao de MDM2 e p53 com atividade proliferativa com o uso de anticorpo anti-Ki-67 e apoptose pela tecnica de TUNEL. Em nenhum dos nossos pacientes identificamos mutacao de p53 por PCR-SSCP. Em 31,4 por cento dos casos detectamos expressao de p53, que se relacionou com menor indice de apoptose, maior grau histologico de Gleason e estadio tumoral avancado. Em 40,7 por cento dos tumores houve expressao de MDM2 que se relacionou com proliferacao celular aumentada e maior volume tumoral. Os tumores MDM2(+) e p53(+) caracterizaram grupo agressivo com maior volume de tumor e estadio mais avancado. Concluimos que a mutacao dep-53 e rara nos adenocarcinomas da prostata e que a expressao da proteina, que ocorre em quase um terco dos pacientes, esta relacionada com diminuicao do indice de apoptose e com parametros histologicos desfavoraveis. A expressao de WDM2 acontece frequentemente nos adenocarcinomas da prostata e esta relacionada ao aumento da atividade proliferaria e maior volume de tumoral. Os tumores MDM2(+) e p53(+) caracterizaram grupo agressivo com maior volume de tumor e estadio mais avancado. Concluimos que a mutacao de p53 e rara nos adenocarcinomas de prostata e que a expressao da proteina, que ocorre em quase um terco dos pacientes, esta relacionada com a diminuicao do indice de apoptose e com parametros histologicos desfavoraveis...(au)
Assunto Neoplasias da Próstata/genética
Adenocarcinoma/genética
Genes p53/genética
Proteínas/genética
Imuno-Histoquímica
Idioma Português
Data 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 89 p. ilustabgraf.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 89 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16743

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta