Identificacao de marcadores de virulencia em amostras de Escherichia coli enterotoxigenica (ETEC), sua relacao com sorotipos e fenotipos toxigenicos

Identificacao de marcadores de virulencia em amostras de Escherichia coli enterotoxigenica (ETEC), sua relacao com sorotipos e fenotipos toxigenicos

Título alternativo Identification of virulence marker in enterotoxigenic Escherichia coli (ETEC) strains, and their relationship with toxigenic phenotypes and sorotypes
Autor Nunes, Solange Lessa Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Escherichia coli enterotoxigenica (ETEC) alem de ser uma das principais causas de diarreia infantil em paises em desenvolvimento, desempenha Importante papel na conhecida diarreia do viajante. Embora as propriedades de virulencia que identificam ETEC, como a capacidade em colonizar a superficie do epitelio do intestino delgado, mediada por fatores de colonizacao (CFs), e a secrecao das enterotoxinas LTs e/ou STs sejam bem conhecidos, sao escassos ou inexistentes trabalhos que descrevam a presenca de mercadores de virulencia nesse grupo de bacterias. Neste estudo, analisamos 124 amostras de ETFC, isoladas principalmente de criancas com diarreia em nosso meio, quanto a ocorrencia de sequencias geneticas relacionadas a toxinas e fatores de aderencia descritos em outras categorias de E. coli diarreiagenicas, ou associadas a infeccoes extraintestinais. A caracterizacao dos CFs, sorotipos, bem como de outras propriedades relacionadas a virulencia foram tambem determinados. Ensaios de hibridacao de colonias com sondas geneticas clonadas ou amplificadas por PCR, demonstraram que amostras de ETEC albergam sequencias de DNA caracteristicas de outros grupos patogenicos de E. coli em frequencias que variaram de O,8 a 39 por cento. A sequencia AA, relacionada ao padrao de aderencia agregativa, caracteristico de amostras de E. coli enteroagregativa (EAEC), foi identificada em uma amostra pertencente ao fenotipo ST-II. No entanto, nenhum padrao de aderencia a celulas HeLa e Caco-2, nem as sequencias similares as fimbrias AAF/I, AAF/II e a expressao de CFs foram identificados nessa amostra. A presenca simultanea das sequencias daaC (relacionada com a expressao da fimbria Fl845) e afa (envolvida com a producao de adesina afimbrial) foram identificadas em 3 amostras de ETEC do sorotipo 0114:H49, pertencentes ao fenotipo LT-I. A adesao difusa a celulas HeLa e a expressao da fimbria Fl845 foram tambem observadas nessas amostras. Alem das sequencias daac-afa e da expressao de Fl845, o antigeno CS7, um dos CFs caracteristicos de ETEC, foi tambem Identificado nas amostras Oll4:H49. Esta e a primeira descricao da ocorrencia simultanea de Fl845 e de um CF em amostras de E. coli e, especialmente em ETEC. Essas caracteristicas de virulencia poderiam conferir a bacteria uma grande capacidade de adesao, permitindo a sua persistencia no trato intestinal e, eventualmente, possibilitando a sua participacao em infeccoes do trato urinario. A presenca da sequencia pap, ...(au)
Assunto Escherichia coli
Toxinas Biológicas
Adesinas Bacterianas
Fenótipo
Antígenos de Diferenciação
Idioma Português
Data 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 113 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 113 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16751

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta