Expressão de adrenoceptores alfa 1 com a maturação sexual em epidídimo de ratos

Expressão de adrenoceptores alfa 1 com a maturação sexual em epidídimo de ratos

Título alternativo Expression of alpha 1 adrenoceptors with sexual maturation in rat epididymis
Autor Queiróz, Daniel Barboza Cava Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Avellar, Maria Christina Werneck de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo No presente trabalho caracterizamos a expressao de adrenoceptores a1 presentes na cabeca e cauda do epididimo de ratos em diferentes estagios da maturacao sexual: 40 (animais imaturos), 60 (adultos jovens) e 120 dias de idade (animais adultos). Analisamos os seguintes aspectos: u Determinacao do peso corporal e peso relativo do epididimo. u Dosagem da concentracao plasmatica de testosterona. u Estudos da expressao de RNA mensageiro de subtipos de adrenoceptores a1. u Estudos de competicao da ligacao do [3 H]-prazosin por antagonistas de adrenoceptores a, nao marcados. u Determinacao da concentracao tecidual de monoaminas. Os seguintes resultados foram observados: * A maturacao sexual promoveu um aumento progressivo do peso corporal e do peso relativo da cabeca e cauda do epididimo. u A concentracao plasmatica de testosterona apresentou-se baixa aos 40 dias de idade, aumentando consideravelmente nos animais com 60 dias. Este aumento foi mantido nos animais com 120 dias de idade (animais adultos). u Ensaios de protecao por ribonuclease indicaram que diferentes subtipos de RNA mensageiro de adrenoceptores al sao expressos ao longo do epididimo. Houve predominancia de transcritos ala na cabeca do epidimo, enquanto transcritos a1a e a1d foram abundantes na regiao da cauda. O transcrito a1b foi pouco expresso em ambas as porcoes do epididimo em todas as idades. A maturacao sexual induziu alteracoes especificas da expressao dos transcritos de adrenoceptores a1, dependendo da porcao do epididimo analisada. Na cabeca do epididimo houve uma diminuicao significativa da expressao de transcritos a1a. Na cauda, a expressao do transcrito a1a, diminuiu dos 40 para 60 dias, retomando aos 120 dias de idade aos mesmos valores observados aos 40 dias, enquanto a expressao do transcrito a1d aumentou dos 40 para 120 dias de idade. A observacao de que a expressao diferencial dos transcritos de adrenoceptores a1, ocorre em paralelo com as mudancas dos niveis plasmaticos de testosterona e desenvolvimento do epididimo indica que, possivelmente, estes diferentes transcritos possam estar envolvidos em funcoes especificas do epididimo durante o desenvolvimento sexual. Os antagonistas de adrenoceptores a1 prazosin (antagonista a1 nao seletivo), 5-metil urapidil (antagonista alA seletivo) e BMY 7378 (antagonista a1D seletivo) produziram deslocamento da ligacao do [3 H]-prazosin tanto na cabeca quanto na cauda do epididimo...(au)
Assunto Epididimo
Receptores adrenérgicos alfa 1
Idioma Português
Data 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 73 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 73 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16785

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta