Morbidade psiquiátrica em pacientes com coreia de Sydenham: um estudo descritivo

Morbidade psiquiátrica em pacientes com coreia de Sydenham: um estudo descritivo

Título alternativo Psychiatric morbidity in patients with Sydenham's chorea: a descriptive study
Autor Zappitelli, Marcelo Cardoso Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Porto, Jose Alberto Del Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: A literatura tem demonstrado variada morbidade psiquiatrica em criancas e adolescentes com coreia de Sydenham, apontando para uma maior frequencia tanto de transtorno obsessivo-compulsivo e tiques como de quadros de ansiedade, depressao e hiperatividade com deficit de atencao. A presente pesquisa vem contribuir para o maior conhecimento desta morbidade psiquiatrica associada a coreia reumatica em jovens do nosso meio Objetivos: Avaliar a sintomatologia psiquiatrica em um grupo de criancas e adolescentes com coreia de Sydenham, identificando os transtornos psiquiatricos e os problemas de Saúde mental presentes, verificando se tal sintomatologia remitia com a melhora do quadro coreico. Verificar possiveis alteracoes em exames de ressonancia magnetica de cranio e cintilografia cerebral. Verificar a influencia de fatores estressores sobre a Saúde mental de criancas e adolescentes com coreia de Sydenham. Metodo: Desenho do estudo: serie de casos. A amostra constituiu-se por todos os pacientes com coreia de Sydenham aguda atendidos no ambulatorio de Reumatologia Pediatrica e Alergia do Departamento de Pediatria da Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina, durante um ano (N=12). Os participantes foram submetidos a uma avaliacao psiquiatrica, incluindo entrevistas com os pacientes e seus responsaveis, alem da aplicacao de instrumentos padronizados (Kiddie-Sads-Present Episode, Child Behavior Checklist, Leyton Obsessional Inventory Child Version). Problemas de Saúde mental dos responsaveis foram identificados atraves do Self Reporting Questionnaire. Todos os pacientes foram acompanhados por um periodo aproximado de tres meses. Resultados: Considerando-se os 12 pacientes da amostra estudada (11 meninas e um menino, com idades entre sete e 15 anos), observou-se a presenca de transtorno de ansiedade de separacao (33,3 por cento) e episodio depressivo maior (8,3 por cento) segundo criterios do DSM-IV. Os pacientes que nao preencheram criterios diagnosticos apresentaram quadros subclinicos (ansiedade ou depressao) ou sintomas isolados variados. Quanto ao total de problemas de Saúde mental detectados pelo CBCL, 41,7 por cento dos casos apresentaram escores T total em nivel clinico, 33,3 por cento tiveram problemas de Saúde mental do tipo internalizacao e 41,7 por cento do tipo externalizacao. Em relacao as escalas individuais, problemas com a atencao foi a escala...(au)
Assunto Coreia
Psiquiatria infantil
Transtornos mentais diagnosticados na infância
Febre reumática
Chorea
Child psychiatry
Mental disorders diagnosed in childhood
Rheumatic fever
Idioma Português
Data 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 121 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 121 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16793

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta