Biologia molecular da ação dos receptores nucleares para os hormônios tiroidianos, vitamina D3 e ácido 9-cis retinoico: papel da formação de dímeros e da ação da proteína cinase A

Biologia molecular da ação dos receptores nucleares para os hormônios tiroidianos, vitamina D3 e ácido 9-cis retinoico: papel da formação de dímeros e da ação da proteína cinase A

Título alternativo Molecular biology of yhe action of nuclear receptores for thyroid hormones, vitamin D3 and 9-cis retinoic acid: role of dimer formation and protein kinase A
Autor Costa, Claudia Helena Rabello de Macedo Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ribeiro, Ralff Carvalho Justiniano Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Os hormonios esteroides, tiroidianos, a vitamina D e retinoides agem ligando-se a receptores nucleares, membros da superfamilia dos receptores nucleares, que atuam como fatores reguladores da transcricao genica. Estes receptores possuem uma estrutura composta por modulos funcionais, relativamente conservados entre os membros da superfamilia, e que permitem a ligacao destes receptores aos seus respectivos hormonios e a sequencias especificas de nucleotideos no promotor de genes-alvo regulados pelo hormonio. A acao dos receptores nucleares e modulada por mecanismos diversos, entre os quais o intercambio entre os sistemas de sinalizacao intracelular envolvendo as proteinas cinases. Neste estudo, demonstramos que a acao mediada pelo receptor dos hormonios tiroidianos (TR) e potenciada pela ativacao da proteina cinase A (PKA) em celulas promonociticas humanas (U937), mas nao em outros tipos celulares, sugerindo a participacao de fatores tissulares especificos. Observamos que modificacoes alostericas na molecula do receptor, secundarias a ligacao ao hormonio e ao DNA, sao importantes para a obtencao desse efeito. Nossos resultados tambem demonstram que o TR e fosforilado in vitro pela PKA, sugerindo que a fosforilacao do TR pode ser importante para a potenciacao da acao dos, hormonios tiroidianos pela PKA. O TR e os receptores do acido 9-cis retinoico (RXR), do acido trans-retinoico (RAR) e da vitamina D (VDR) geralmente se ligam como homo ou heterodimeros a sequencias repetidas do hexamero AGGTCA. Entretanto, nao se sabe se esses receptores utilizam uma mesma superficie de contato para se ligarem como homo ou heterodimeros em diferentes sequencias de AGGTCA, orientadas na forma direta (DRs) ou invertida (palindromos). Nossos resultados mostram que o TR emprega uma mesma superficie para formacao de homodimeros ou de heterodimeros com o RXR, ao se ligar as diferentes sequencias de AGGTCA. Esta superficie de dimerizacao e composta basicamente por aminoacidos hidrofobicos que se situam nas helices lO e 11 do modulo de ligacao ao hormonio (LBD) do TR. Neste trabalho, avaliamos tambem se a heterodimerizacao do VDR com o RXR e essencial para a ativacao e repressao de genes pela vitamina D. Atraves do emprego de mutantes do VDR RXR, demonstramos que a alteracao de uma superficie de dimerizacao no LBD do VDR e RXR reduziu a acao da vitamina D em elementos positivos (DR-3) e negativos (promotor do gene do peptideo natriuretico atrial, ANP)...(au)
Assunto Fosforilação
Dimerização
Transcrição Genética
Mutagênese
Idioma Português
Data 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 83 p. ilus.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 83 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16797

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta