Isolamento e caracterização de MIC1 d MIC4, proteínas, micronemias do protozoário parasita Roxoplasma gondii, ligantes de lactose

Isolamento e caracterização de MIC1 d MIC4, proteínas, micronemias do protozoário parasita Roxoplasma gondii, ligantes de lactose

Título alternativo Isolation and characterization of MIC1 and MIC4, micronrmal proteins from protozoa parasite Toxoplasma gondii with bind lactose
Autor Pereira-Faça, Sandra Rodrigues Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Greene, Lewis Joel Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo o protozoario parasita Toxoplasma gondii do filo Apicomplexa, foi obtido por transferencia intraperitoneal seriada de tres dias em camundongos suicos inoculados com cerca de 107 parasitas. O exsudato, obtido de lavagens peritoneais utilizando-se 5mL de PBS, foi submetido a centrifugacao para a remocao de celulas contaminantes, quando necessario, e obtidos no sedimento. Sonicacao extensiva foi realizada na obtencao do extrato de proteinas do parasita, o qual foi submetido a cromatografia de afinidade em lactose imobilizada. A fracao ligante, eluida com lactose O,1M em PBS O,5M, contem a proteina micronemal l (MIC1) e a proteina micronemal 4 (MlC4) como componentes principais. As proteinas de 63kDa e 78kDa, MIC1 e MIC4 respectivamente, foram separadas por SDS-PAGE e RP-HPLC. Estas proteinas foram ainda identificadas no banco de dados BLAST com base na degradacao automatica de Edman, a qual forneceu a sequencia ITPAGDDVSANVTSSEP e SHSHAPARPRY, para MIC4 e MIC1, respectivamente. Alguns dominios repetitivos contendo 6 residuos de cisteinas foram identificados em ambas proteinas, MIC1 e MIC4. Na proteina MIC4, estes dominios foram homologos a dominios Apple, que sao compostos de aproximadamente 90 residuos e 6 cisteinas formando tres ligacoes dissulfeto. Este dominio esta presente em proteinas obtidas de outros parasitas apicomplexos, sugerindo que MIC4 pertence a uma nova classe de proteinas micronemais. Ambas proteinas apresentam ainda sequencias correspondentes a padroes de sequencia presentes em determinadas lectinas, sugerindo que a atividade biologica esta relacionada com a propriedade de reconhecimento de carboidrato. MIC1 e MIC4 isoladas por RP-HPLC podem ser utilizadas no estudo de propriedades imunossupressoras de proteinas micronemais
Assunto Toxoplasma
Lectinas
Lactose
Proteínas
Idioma Português
Data 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 103 p. tab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 103 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16819

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta