Morbidade febril puerperal em pacientes infectadas pelo HIV

Morbidade febril puerperal em pacientes infectadas pelo HIV

Título alternativo Puerperal morbidity in HIV-positive women
Autor De Marcos, Andrea Autor UNIFESP Google Scholar
Lunardi, Luciana Autor UNIFESP Google Scholar
Lindsey, Prescilla Chow Autor UNIFESP Google Scholar
Amed, Abes Mahmed Autor UNIFESP Google Scholar
Castelo Filho, Adauto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: the morbidity in HIV-positive patients due to puerperal fever was studied and correlated to the method and duration of labor, the duration of premature rupture of the membranes, CD4+ cell count and the viral load (VL) at peridelivery. METHODS: a total of 207 HIV-positive women with prenatal examinations and deliveries between May 1997 and December 2001 were enrolled. Of these, 32 had natural childbirth and 175 had a cesarean section. Of the total of enrolled patients, 62.8% were submitted to elective cesarean section. The average age of the group was 27.4 years, and 25.6% were nulliparous and 26% were primiparous. At the moment of the delivery the average gestational age was 37.8 weeks. At the end of pregnancy the average of the CD4+ cell count was approximately 481 cells/mm³ and the viral load 49,100 copies/mL. RESULTS: puerperal morbidity occurred in 34 patients, with 33 after cesarean section and one after natural childbirth. The most usual intercurrent post-cesarean infection was that of the surgical wound (13% of the infection cases). Analyzed factors, such as delivery duration, duration of rupture of the membranes, number of CD4+ cells or the viral load at peridelivery, did not interfere in puerperal morbidity. CONCLUSIONS: puerperal morbidity was 16.8% and occurred more frequently after cesarean sections (18.9%) than after vaginal deliveries (3.1%). The other factors did not present a significant effect on puerperal morbidity.

OBJETIVO: avaliar as taxas de morbidade febril puerperal em pacientes infectadas pelo HIV e sua correlação com a via de parto, duração do trabalho de parto, tempo de rotura de membranas, número de células CD4+ e carga viral do HIV periparto. MÉTODOS: foram incluídas 207 gestantes infectadas pelo HIV, com seguimento pré-natal e parto entre maio de 1997 e dezembro de 2001, sendo 32 submetidas a parto vaginal e 175 a cesárea. Do total de pacientes, 62,8% foram submetidas a cesárea eletiva. A idade média no grupo analisado foi de 27,4 anos, 25,6% eram nulíparas e 26% primíparas, com idade gestacional média de 37,8 semanas no momento do parto. A contagem média de células CD4+ foi de 481 células /mm³ e da carga viral do HIV de 49.100 cópias/mL, ambas no final da gestação. RESULTADOS: a morbidade febril puerperal ocorreu em 34 pacientes, sendo 33 pós-cesárea e 1 pós-parto vaginal. O tipo mais comum de intercorrência infecciosa pós-cesárea foi infecção de cicatriz cirúrgica (13% dos casos de infecção). Os fatores analisados, como duração do trabalho de parto, tempo de rotura de membranas, contagem de células CD4+ ou carga viral do HIV periparto, não interferiram na taxa de morbidade febril puerperal. CONCLUSÕES: A incidência de morbidade febril puerperal foi de 16,8%, sendo mais freqüente pós-cesárea (18,9%) que pós-parto vaginal (3,1%). Os demais fatores não mostraram relação significativa com a taxa de morbidade febril puerperal.
Assunto AIDS
Puerperal morbidity
Vertical transmission
Cesarean section
Vaginal delivery
AIDS
Infecção puerperal
Transmissão vertical
Cesárea
Parto normal
Idioma Português
Data 2003-04-01
Publicado em Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia, v. 25, n. 3, p. 155-161, 2003.
ISSN 0100-7203 (Sherpa/Romeo)
Editor Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Extensão 155-161
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-72032003000300003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-72032003000300003 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1682

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0100-72032003000300003.pdf
Tamanho: 301.2Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta