Atividade de heparam sulfato N-sulfotransferase em soro humano normal

Atividade de heparam sulfato N-sulfotransferase em soro humano normal

Título alternativo Heparan sulfate activity n-sulfotransferase from human serum
Autor Santos, Isabel Anunciacao Neves dos Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Heparam sulfato e heparina sao polissacarideos complexos compostos de unidades alternadas de D-glucosamina e acido uronico, alguns dos quais sulfatados. A Introdução do grupamento sulfato e catalizada por varias sulfotransferases, localizadas no Golgi e que transferem sulfato a partir do PAPS (3'-fosfoadenosina-5'fosfosulfato) a aceptores especificos. A biossintese do heparam sulfato/heparina e um processo complexo, envolvendo polimerizacao e modificacoes concomitantes, incluindo sulfatacao da cadeia. A primeira modificacao compreende a N-desacetilacao seguida de N-sulfatacao das unidades de N-acetii-D-glucosamina. Durante a biossintese dos proteoglicanos, as cadeias de glicosaminoglicanos (GAGs) sao formadas pela adicao sequencial dos respectivos monossacarideos aos precursores, e sulfatacao das cadeias nascentes ou ja totalmente elongadas. A N-desacetilase/N-sulfotransferase e uma enzima que apresenta duas atividades cataliticas diferentes. Esta remove o grupo N-acetil das moleculas de D-glucosamina nos residuos de heparam sulfato e heparina e transfere o sulfato do PAPS ao grupo amino dos residuos de D-glucosamina. O presente estudo descreve a transferencia de [35S]-sulfato a partir de PAP[35S] a diferentes substratos, naturais ou modificados, catalizada por sulfotransferase soluvel presente no soro humano normal denominada de heparam sulfato N-sulfotransferase (HSNST). Foram utilizados como aceptores exogenos diferentes substratos, tais como, heparam sulfato e heparina naturais e modificados quimicamente e heparam sulfato com diferentes graus de dessulfatacao. Neste estudo, estabelecemos um metodo para detectar a atividade de HSNST em soro humano e identificamos a posicao da incorporacao de [35S]-sulfato apos diGestão com enzimas de Flavobacterium heparinum. Os resultados mostraram que o heparam sulfato dessulfatado por 30 minutos e o melhor aceptor. Os dissacarideos N-sulfatados (AU-GicNS e AU-GlcNS,6S) foram os principais produtos formados por todos os heparam sulfatos analisados. Surpreendentemente, quando utilizamos heparam sulfato natural, sem nenhum grau de dessulfatacao, observamos incorporacao de sulfato no polimero, embora em menor proporcao quando comparado com os substratos dessuifatados. Esses resultados sugerem que a enzima do soro apresenta ambas atividades, N-desacetilase e N-suifotransferase. Heparinas quimicamente modificadas nao se mostraram ser tao bons substratos quanto os heparam sulfatos para...(au)
Assunto Proteoglicanas
Glicosaminoglicanas
Heparitina Sulfato
Sulfotransferases
Idioma Português
Data 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 99 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 99 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16943

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta