Teste de complementação de letras: estímulos para uso no Brasil

Teste de complementação de letras: estímulos para uso no Brasil

Título alternativo Word-stem completion: stimuli for use in Brazil
Autor Pompéia, Sabine Autor UNIFESP Google Scholar
Paes, Ângela Tavares Autor UNIFESP Google Scholar
Bueno, Orlando Francisco Amodeo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Stem-completion tests are commonly used to assess memory. In Brazil, however, there are no publications that propose adequate stimuli for use in this type of task. Our objective was to select adequate word-stems to maximize memory assessment using this task in Brazil. We obtained chance-completion profiles of 137 word-stems that completed at least 10 common words in Portuguese from Brazil and manipulated factors that could influence memory estimates using these stems. We found that depending on the chance-completion of the most frequently used word to complete a stem it is not possible to show memory effects; that is, completion with familiar stimuli (seen before) is not distinguishable from baseline. Guidelines are proposed for the selection of adequate stems and stimuli to maximize the acquisition of memory estimates using indirect stem-completion tasks.

Testes de complementação de letras (em inglês ''stem-completion tests'') são amplamente utilizado na literatura internacional para avaliar memória. Não existem no Brasil, porém, trabalhos que propõem estímulos adequados para uso nesse tipo de teste. O objetivo do presente experimento foi selecionar conjuntos de três letras (tríades) que completam palavras em português do Brasil adequadas para maximizar a verificação de memória. Foram obtidos padrões de complementação ao acaso de 137 tríades que completam pelo menos 10 outras palavras comuns em nosso idioma e manipulados fatores que poderiam influenciar nas estimativas de memória usando essas tríades. Verificou-se que, dependendo da probabilidade de complementação das tríades com a palavra mais freqüentemente utilizada ao acaso, não é possível verificar efeitos de memória; ou seja, a taxa de complementação de estímulos familiares (previamente expostos) não é distinguível da linha de base. Foram propostas diretrizes para a seleção de tríades e estímulos adequados para maximizar a obtenção de índices de memória em testes indiretos de complementação.
Assunto memory
stem-completion
direct tests
indirect tests
memória
complementação
testes indiretos
testes diretos
Idioma Português
Data 2003-04-01
Publicado em Psicologia: Teoria e Pesquisa. Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília, v. 19, n. 1, p. 65-73, 2003.
ISSN 0102-3772 (Sherpa/Romeo)
Editor Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Extensão 65-73
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-37722003000100009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-37722003000100009 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1698

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0102-37722003000100009.pdf
Tamanho: 146.9Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta