Lesoes musculo-esqueleticas nos segmentos anatomicos joelho e tornozelo em atleta de basquetebol adulto masculino

Lesoes musculo-esqueleticas nos segmentos anatomicos joelho e tornozelo em atleta de basquetebol adulto masculino

Título alternativo Musculoskeletal injuries in the anatomic segments-knee and ankle-in adult basketeball men s team
Autor Panfilio, Carlos Eduardo Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos: Identificar e analisar as principais lesoes no basquetebol masculino adulto que dizem respeito aos segmentos anatomicos tornozelo e joelho, seus fatores de ocorrencia e correlacionando-as com a posicao que o atleta ocupa na quadra e parametros fisicos dos jogadores. Material e Metodos: Avaliamos 213 atletas de basquetebol masculino adulto, todos registrados na Federacao Paulista de Basquetebol, entre os meses de JULHO/1999 a NOVEMBRO/1999, atraves de um questionario (Anexo I), aplicado por medico e/ou fisioterapeuta de cada equipe durante jogos e sessoes de treinamento. Resultados: Observamos a ocorrencia de 64,3 por cento lesoes de tornozelo (entorse grau I) causadas pelo contato com o oponente e nos fundamentos de rebote e bloqueio. Das lesoes de joelho destacam-se a tendinite patelar com 52,5 por cento, causada pelo impacto com o solo e no fundamento de defesa. Existe uma relacao com a posicao do atleta em quadra, o diagnostico de lesao de tornozelo e joelho e fundamentos do esporte. Na avaliacao dos atletas nao houve relacao entre a idade, altura do atleta e o diagnostico da lesao. Dos atletas avaliados 27,7 por cento apresentaram lesao de menisco ( nao fez parte de nosso estudo identificarmos menisco medial ou lateral ). Conclusao: As lesoes de tornozelo ( grau I) sao mais frequentes, enquanto que as lesoes por esforcos repetitivos ( tendinites ) sao mais prevalentes ao nivel do joelho. Existe uma relacao com a posicao que o atleta ocupa em quadra e o diagnostico de lesao de tornozelo e joelho e os fundamentos do esporte. Nao ha relacao entre a idade e a altura do atleta e o diagnostico da lesao de tornozelo e joelho. Lesoes meniscais foram constatadas em 27,7 por cento dos atletas avaliados
Assunto Humanos
Masculino
Adulto
Músculo Esquelético
Joelho
Tornozelo
Basquetebol
Humanos
Masculino
Adulto
Idioma Português
Data 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 74 p. tabgraf.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 74 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16983

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta