Solubilizacao e hidratacao de polissacarideos de reserva de sementes de leguminosas

Solubilizacao e hidratacao de polissacarideos de reserva de sementes de leguminosas

Título alternativo Solubilisation and hydration of storage polysaccharides of legumes seeds
Autor Lopes-Sarvezuk, Adriana Froutman Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Algumas sementes de Leguminosae utilizam corno fonte de reserva os polissacarideos e pare celular para o crescimento e estabelecimento da plantula. Dentre eles encontramos os xiloglucanos, presentes nos cotiledones de Hymenaea courbaril e Copaifera langsdorffii e os galactomananos, presentes no endosperma de Sesbania marginata e Dimorphandra mollis; ambos sao conhecidos como gomas e amplamente utilizados na industria. A necessidade de uma purificacao dos polissacarideos para a compreensao de sua organizacao estrutural na parede celular e para varias pesquisas basicas e aplicadas, motivou este trabalho. O objetivo foi obter os polissacarideos e definir suas condicoes otimas de solubilizacao frente a dois fatores: tempo e temperatura. As extracoes dos polissacarideos foram efetuadas em concentracao 1 por cento do po oriundo das sementes (endosperma ou cotiledone + eixo embrionario) a 8O§C/8horas, precipitado com EtOH 3 volumes, e seco, ressuspendido em agua (80§C) e centrifugado, sendo o sobrenadante liofilizado, obtendo os polissacarideos para os ensaios de solubilidade, apresentando rendimentos de extracao de 9l por cento em faveiro e 52 por cento a 58 por cento nas demais especies. A solubilidade com variavel de temperatura partiu de suspensao O,5 por cento de polissacarideo em agua, submetida a 25§C, centrifugada apos 2h e o precipitado nao soluvel submetido a 45§C por 2 horas subsequentemente a 80§C repetindo-se sempre o procedimento anterior. Os sobrenadantes e residuo final, foram analisados para acucar total, liofilizados, pesados, hidrolisados (hidrolise acido e enzimatica) e submetidos a cromatografia liquida de alta performance (HPLC). Os resultado indicaram maior rendimento de solubilizacao a 25§C para todos os polissacarideos. A composicao de monossacarideos de galactomananos apresentaram pouca diferenca no grau de ramificacao do galactomanano de sesbania (razao M:G @ 2:1) e maiores para faveiro variando a razao M:G de 2:1 exceto para faveiro com residuo insoluvel com razao M:G=4,4:1, sugerindo que um grau d ramificacao das galactoses mais agregado em faveiro e mais uniforme em sesbania. O oligossacarideos oriundos dos xiloglucanos nao apresentaram nenhuma diferenca quanto a ramificacoes. A solubilidade com variavel de tempo partiu de suspensao a O,66 por cento em temperatura constante (28§C) sob agitacao, sendo retiradas aliquotas de 15 em l5min nas 2 primeiras hora 30 em 3Omin nas 3 horas seguintes e a ...(au)
Assunto Polissacarídeos
Mananas
Sementes
Idioma Português
Data 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 63 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 63 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17003

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta