Estudo da significancia clinica de aloanticorpos eritrocitarios em pacientes com anemia falciforme

Estudo da significancia clinica de aloanticorpos eritrocitarios em pacientes com anemia falciforme

Título alternativo Evaluation of clinical significance of red cell alloantibodies in sickle cell anemia
Autor Fabrom Junior, Antonio Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Embora as transfusoes de CH sejam importantes Para pacientes com anemia falciforme, elas acarretam riscos imunologicos tais como a aloimunizacao a antigenos eritrocitarios. Nesse contexto, tem sido descrito que a aloimunizacao eritrocitaria ocorre em cerca de 20 por cento dos pacientes com anemia falciforme, e que os principais aloanticorpos sao dirigidos contra antigenos dos sistemas Rhesus, Kell, Duffy e Kidd. No presente estudo, utilizando testes imuno-hematologicos em tubo e por gel centrifugacao, avaliamos 125 pacientes (64 homens, 61 mulheres, com idade mediana de 35,5 anos) com anemia falciforme, e encontramos uma prevalencia de aloanticorpos eritrocitarios de 20,8 por cento. Aproximadamente 70 por cento dos aloanticorpos eram relacionados aos antigenos do sistema Rh. Alem disso, foi verificado que a tecnica em gel foi significantemente mais sensivel que a tecnica em tubo (26 vs 20; p < O,05). Atraves dos testes da monocamada de monocitos (MMA) e por quimioluminescencia (QL) para a analise da eritrofagocitose in vitro, utilizando monocitos autologos, soro fresco e hemacias heterozigotas para o antigeno relacionado, encontramos uma positividade de 41,2 por cento para o MMA e 52,9 por cento para a QL. Entre os aloanticorpos verificamos que 18/34 (52,9 por cento) mostraram ter significancia clinica. Em 14 deles houve concordancia entre os dois testes, 4 mostraram significancia apenas pelo teste de QL, e os restantes 16/34 (47,1 por cento) nao apresentaram significancia clinica. Os resultados encontrados revelaram uma boa concordancia entre os dois testes (Kappa = O.767; p < O,05). Os testes MMA e QL aplicados com soros de gestantes que tiveram recem-nascidos gravemente acometidos ou nao pela DHRN. O encontro de concordancia entre a gravidade da DHRN e a significancia clinica aloanticorpos envolvidos avaliada pelo MMA e QL permitiu a validacao resultados observados com os pacientes com anemia falciforme. O estudo do polimorfismo do gene FcgRIIA com PCR com inicia alelo especificos em 17 pacientes com anemia falciforme revelou que 10 (58,8 por cento) pacientes expressavam o alelo FcgRIIA-Hl3l, e que 7 (41,2 por cento) eram homozigotos para FcRIIA-Rl3l. Dos 12 aloanticorpos presentes nos pacientes homozigotos para o alelo FcgRIIA-Rl3l, 5 mostraram ter significancia clinica pelo MMA por QL. Em conclusao, o presente estudo revelou que: (l) a prevalencia aloimunizacao eritrocitaria em pacientes falciformes foi de 20,8 por cento...(au)
Assunto Transfusão de Sangue
Isoanticorpos
Anemia Falciforme
Monócitos
Medições Luminescentes
Receptores Fc
Idioma Português
Data 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 100 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 100 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17023

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta