Estudo descritivo de aspectos da personalidade de pacientes com sindrome do intestino irritavel

Estudo descritivo de aspectos da personalidade de pacientes com sindrome do intestino irritavel

Título alternativo Descriptive study of personality aspects of patients with irritable bowel syndrome
Autor Gazire, Patricia Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Embora a Sindrome do Intestino Irritavel (SII) nao seja considerada, de acordo com o DSM-IV, uma doenca psicossomatica, ela e normalmente relacionada a ansiedade, depressao e estresse (Drossman, 1999). Objetivos: avaliar as caracteristicas de personalidade de pacientes com SII, com auxilio do Metodo de Rorschach, a fim de: 1) verificar a existencia de tracos de ansiedade e depressao e se tais tracos configuram-se como patologicos ou nao; 2) investigar o tipo de estresse vivenciado pelos pacientes que sofrem de SII - se o estresse e atual (Nota D) ou se e habitual (Adj D); 3) examinar serias distorcoes no processo de pensamento (Slepoy et al., 1999); 4) Discutir como o corpo e vivenciado pelos individuos que sofrem de SII. Amostra: 30 pacientes ambulatoriais com diagnostico de SII (criterios de Roma, Thompson, Creed, Drossman et al., 1992), de ambos os sexos, com idade entre 34 e 82 anos, avaliados no Ambulatorio de Gastroenterologia - Doencas do Intestino - da UNIFESP/EPM. Instrumentos: 1) Metodo de Rorschach, utilizado avaliado de acordo com as normas do Sistema Compreensivo, sendo as seguintes as variaveis selecionadas: DEPI, SCZI e CDI (principalmente a Nota D e o Adj D); 2) SRQ - Self Report Questionnaire (lacoponi e Mari, 1988) - para detectar a presenca de patologia psiquiatrica relacionada a ansiedade, depressao e transtorno de somatizacao; 3) indice de Severidade de Transtorno Funcional Intestinal - ISTFI (Drossman et al., 1995) - para medir a intensidade do sintoma em leve, moderado ou grave. Resultados: 80.0 por cento (24) dos pacientes apresentaram CDI positivo e 46.7 por cento apresentaram SCZI positivo. Da constelacao CDI prevaleceram: EA < 6 em 90 por cento dos sujeitos; Adj D < O em 50 por cento; COP < 2 ou AG < 2 em 90 por cento; WSumC < 2,5 em 76,6 por cento; Afr < O,46 em 56,7 por cento; H < 2 em 75,8 por cento; T > l em 3,3 por cento. Dos 30 pacientes, 26 (86.7 por cento) revelam uma acentuada dificuldade para o manejo do estresse tanto atual como habitual. Do indice de Esquizofrenia (SCZI), prevaleceram: FQ- = FQu em 86,6 por cento (26) dos pacientes; X+ por cento<0,61 e S- por cento < O,41 em 80,0 por cento; X+ por cento < O,41 em 63,3 por cento; X- por cento > O,40 em 46,7 por cento; WSum6 > 17 em 46,7 por cento. Alem disso, uma analise mais minuciosa dos escores especiais em todos os 30 protocolos revela que somente sete (23,3 por cento) nao apresentam problemas no pensamento. Os escores especiais mais encontrados foram...(au
Assunto Intestinos
Síndrome
Personalidade
Teste de Rorschach
Idioma Português
Data 2000
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2000. 110 p. tab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 110 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17090

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta