Ácido hialurônico sérico na hepatopatia esquistossomótica; seu papel na propedêutica hepática

Ácido hialurônico sérico na hepatopatia esquistossomótica; seu papel na propedêutica hepática

Título alternativo Hyaluronic serum acid in schistosomotic hepatopaty; its role in hepatic propedeutic
Autor Aguiar, Luciane Aparecida Köpke de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Borges, Durval Rosa Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A esquistossomose mansonica e considerada principal causa mundial de fibrose hepatica, constituindo modelo de doenca fibrogenica nao cirrotisante. Na fase cronica da doenca, a forma leve apresenta funcao hepatica normal com pouca ou nenhuma fibrose e na forma grave (com fibrose periportal) as manifestacoes clinicas de hipertensao portal predominam sobre a insufiCiência hepatoceluiar. Por esta razao, raramente ha indicacao de biopsia hepatica e mercadores biologicos de fibrose poderiam ser uteis no seguimento destes pacientes. Objetivo: Avaliar em portadores de formas cronicas puras da esquistossomose mansonica, o desempenho diagnostico do acido hialuronico serico, compara-lo com achados ecograficos, a2-macroglobulina serica e trombocitemia para entender seu papel na propedeutica hepatica. Metodo: Foram estudados 31 pacientes, 15 portadores da forma cronica leve e nove da forma cronica grave da esquistossomose mansonica e para comparacao, sete portadores de cirrose descompensados em ascite. Os pacientes foram classificados levando em consideracao caracteristicas clinicas, ecograficas e a trombocitemia. Os 24 pacientes eram adultos, eutroficos e portadores da forma pura da parasitose: nao alcoolistas, nem usuarios de farmacos previsivelmente hepatotoxicos, anticoagulantes ou antiagregantes plaquetarios, com sorologia negativa para os virus B e C da hepatite e sem outras doencas cronicas alem da esquistossomose. A concentracao serica do acido hialuronico foi determinada atraves de ensaio fluorimetrico ELISA-simile. O metodo e baseado na afinidade do acido hialuronico por proteina extraida de cartilagem bovina (proteina de ligacao e porcao globular do agrecam). Esta proteina de ligacao (PL) e usada tanto na fase solida (imobilizada na placa de Elisa) como sonda marcada com biotina; usando tecnica tipo sanduiche (PL-acido hialuronico-PL-biotinilada) a sonda biotinilada foi revelada pela estreptavidina marcada com o agente fluorescente Europio, que por sua vez emite fluorescencia captada atraves do fluorimetro. O metodo permite detectar o acido hialuronico entre O,2 e 500 mg/L. A determinacao do acido hialuronico serico em 227 adultos sadios (doadores voluntarios de sangue do HSP) foi em media de 12,7n7,1 mg/L. a2-macroglobuiina (nefelometria), indice de protrombina e gamaglutamiltransferase tambem foram avaliados. Resultados: A concentracao serica de (a2-macrogiobuiina nao diferenciou os tres grupos de doentes...(au)
Assunto Esquistossomose
Cirrose hepática
Hipertensão portal
Trombocitose
Ácido hialurônico
Idioma Português
Data 2001
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2001. 118 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 118 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17157

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta