Correlação entre a citologia e a histologia nas lesões intra-oculares suspeitas de malignidade

Correlação entre a citologia e a histologia nas lesões intra-oculares suspeitas de malignidade

Título alternativo Cytologic-histologic correlation in intraocular lesions with suspicion of malignancy
Autor Corrêa, Zélia Maria da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Irion, Luciane Dreher Google Scholar
Augsburger, James J. Google Scholar
Schneider, Susan Google Scholar
Erwenne, Clélia Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Santa Casa de Porto Alegre-RS Serviço de Oftalmologia Setor de Oncologia Oftalmológica
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Laboratório Patologistas Reunidos
Universidade de Cincinnati Departamento de Oftalmologia
Universidade de Cincinnati Laboratório de Patologia Ocular
Resumo PURPOSE: To correlate the cytologic findings of fine-needle aspiration biopsy (FNAB) of intraocular tumors with the histopathology specimen when enucleation or tumor resection was the treatment of choice. METHODS: Retrospective analysis of 51 patientssubmitted tofine-needle aspiration biopsy for diagnostic purposes or cyto-histologic correlation. Exclusion criteria were non-solid lesions, conservative treatment and ultrasound guided biopsies. After exclusions, 20 patients with intraocular solid lesions suspected to be malignant were studied, 12 of them were females, with ages between 2 and 78 years. All biopsies were performed by the first author under direct (operating microscope) or indirect (binocular indirect ophthalmoscope) visualization. The chosen route was transaqueous for anterior segment tumors and transvitreous through the sclera for posterior segment tumors except cases with suspicion of retinoblastoma biopsied through the peripheral cornea. Two samples were obtained from different areas of the tumor, in all cases with a 25-gauge needle. After fine-needle aspiration biopsy, samples were sent for processing, fixation, and staining with the Papanicolaou and hematoxylin-eosin (HE) methods. Histology specimens were stained with hematoxylin-eosin. RESULTS: Three cases consisted of anterior segment (iris) tumors and 17 of tumors situated in the posterior segment, 3 of them retinoblastomas. Nine patients were biopsied for diagnostic purposes and 11 for cytological-histological correlation after enucleation. In only two cases, fine-needle aspiration biopsy yielded insufficient material for diagnosis that subsequently proved to be a granuloma and a melanoma. CONCLUSIONS: Fine-needle aspiration biopsy seems to be a reliable procedure based on cytological-histological correlations in the studied group.

OBJETIVO: Correlacionar os achados citológicos da biópsia aspirativa com agulha fina (BAAF) de lesões intra-oculares suspeitas de malignidade com a histopatologia obtida quando o tratamento de escolha foi enucleação ou ressecção da lesão tumoral. MÉTODOS: Análise retrospectiva de 51 pacientes submetidos à biópsia aspirativa com agulha fina com fins diagnósticos ou para correlação cito-histológica. Foram excluídos os casos com lesões não sólidas, tratamento conservador e biópsias guiadas por ultra-som. Após exclusões, 20 olhos de pacientes contendo lesões intra-oculares suspeitas de malignidade foram estudados, sendo 12 do sexo feminino, com idades entre 2 e 78 anos. Todas biópsias foram realizadas pela primeira autora sob observação direta (microscópio) ou indireta (oftalmoscopia binocular indireta). A rota escolhida foi transaquosa para os tumores de segmento anterior e transvítrea com acesso escleral para os tumores de segmento posterior, exceto os casos suspeitos de retinoblastoma, biopsiados com acesso pela periferia da córnea. Foram obtidas 2 amostras de áreas diferentes do tumor em todos os casos com agulha calibre 25. As amostras colhidas foram encaminhadas para processamento, fixação e coloração pelo método de Papanicolaou e hematoxilina-eosina. Os espécimens obtidos para histopatologia foram corados pela hematoxilina-eosina. RESULTADOS: Três casos eram tumores de segmento anterior (íris) e 17 de segmento posterior, sendo 3 retinoblastomas. Nove pacientes foram submetidos à biópsia aspirativa com agulha fina com fins diagnósticos e 11 para correlação cito-histológica após enucleação. Somente dois casos apresentaram quantidade insuficiente de material para diagnóstico e posteriormente revelaram ser um granuloma e um melanoma maligno de coróide. CONCLUSÕES: A biópsia aspirativa com agulha fina parece ser um método diagnóstico confiável baseado na correlação cito-histológica neste grupo de pacientes.
Assunto Needle biopsy
Eye
Choroid neoplasms
Uveal neoplasms
Melanoma
Retinoblastoma
Biópsia por agulha
Olho
Neoplasias da coróide
Neoplasias uveais
Melanoma
Retinoblastoma
Idioma Português
Data 2003-06-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 66, n. 3, p. 339-343, 2003.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Editor Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 339-343
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492003000300015
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492003000300015 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1722

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0004-27492003000300015.pdf
Tamanho: 1.886Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta