Purificacao e clonagem de um ativador de protrombina presente na peconha da serpente Bothrops erythromelas

Purificacao e clonagem de um ativador de protrombina presente na peconha da serpente Bothrops erythromelas

Título alternativo Purifiaction and cloning of prothrombin activador from Bothrops erythromelas snake venom
Autor Silva, Marcia Bezerra da Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo As peconhas ofidicas sao misturas proteicas complexas. As proteinas e peptideos representam cerca de 95 por cento de sua composicao, com funcoes efetoras, estruturais, plasmaticas, enzimaticas e toxicas que podem afetar o sistema biologico das suas vitimas. A especie Bothrops erythromelas, cuja peconha foi investigada neste trabalho, tambem e conhecida como jararaca-da-seca, rosada, avermelhada ou malha-de-cascavel no nordeste brasileiro onde se encontra amplamente distribuida. Sua peconha apresenta atividades coagulante e proteolitica maiores que outras peconhas de serpentes do genero Bothrops alem de uma potente atividade hemorragica com a particularidade de nao exibir atividade tipo-trombina. A marcante atividade procoagulante desta peconha foi atribuida a presenca dos ativadores dos fatores II e X da coagulacao. Uma proteina ativadora da protrombina (berythrom) foi isolada e caracterizada a partir da peconha total da serpente B. erythromelas. Aliquotas de peconha total (3,4 mg) foram submetidas a purificacao em sistemas FPLC e HPLC. O ativador de protrombina foi purificado em uma coluna Resource-S (Pharmacia) e sua homogeneidade foi confirmada em SDS-PAGE. Esta metaloproteinase apresentou uma cadeia unica com 78 kDa, sem atividade hemorragica in vivo. O berythrom hidrolisou protrombina nos primeiros 5 minutos de incubacao. Um Km de 60 nM foi obtido a partir dos estudos cineticos preliminares da atividade enzimatica deste ativador. O RNA total foi extraido das glandulas de veneno da B. erythromelas e uma biblioteca de cDNA foi construida em plasmideo pGEM-llZf(+) (Promega). O cDNA que, codifica para este ativador foi amplificado da biblioteca por PCR a partir de oligonucleotideos degenerados correspondentes a sequencia N-terminal da proteina madura. O produto de PCR com 1.700 pb foi sequenciado e sub-clonado no vetor de expressao pAE derivado do pRSETA para a producao de proteina recombinante em cepa BL2l(DE3) de E. coli
Assunto Tempo de Protrombina
Endopeptidases
Bothrops
Idioma Português
Data 2001
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2001. 115 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 115 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17221

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta