Cateteres uretrais lubrificados com lidocaína versus gentamicina na prática do cateterismo vesical intermitente técnica limpa: estudo preliminar

Cateteres uretrais lubrificados com lidocaína versus gentamicina na prática do cateterismo vesical intermitente técnica limpa: estudo preliminar

Título alternativo Lubrificated urethral catheter with lidocaine versus gentamycin for the clean intermittent catherization: preliminary study
Autor Fera, Patricia Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Glashan, Regiane de Quadros Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O cateterismo vesical intermitente - tecnica limpa representa uma alternativa para a drenagem de urina em pacientes cujo esvaziamento vesical normal esta prejudicado. Diferentes metodos de profilaxia de infeccoes urinarias para pacientes que realizam este procedimento, tem sido propostos pelos profissionais de Saúde, como o uso de antibioticos por via oral e por meio de irrigacao intravesical. A lubrificacao dos cateteres com Gentamicina creme 0,1 por cento tambem tem sido, empiricamente, recomendada. Considerando que poderia representar uma alternativa na profilaxia de infeccoes urinarias a estes pacientes, decidimos realizar este estudo, com o objetivo verificar a existencia de diferenca no resultado quantitativo das uroculturas, com bacteriuria significativa, e na incidencia de infeccao sintomatica do trato urinario e bacteriuria assintomatica, entre pacientes que utilizam Gentamicina creme 0,1 por cento para a lubrificacao dos cateteres uretrais e pacientes que utilizam Lidocaina geleia 2 por cento, na realizacao do cateterismo vesical intermitente - tecnica limpa. Trata-se de um estudo prospectivo, realizado em pacientes atendidos no Programa de Atendimento a Pacientes em uso de Cateteres Urinarios, da Universidade Federal de São Paulo / UNIFESP, no periodo de 05/99 a 08/00. A amostra foi constituida de vinte pacientes, que foram divididos aleatoriamente em dois grupos, sendo um grupo orientado a lubrificar os cateteres com Gentamicina creme 0,1 por cento e o outro com Lidocaina geleia 2 por cento. Foram realizadas uroculturas e exames de urina I dos pacientes, a cada tres semanas, num total de cinco coletas, para verificacao de presenca ou ausencia de microorganismos, numero de colonias, tipo de microorganismo e leucocituria, e monitorizacao da funcao renal, antes e apos o termino do protocolo, pela dosagem da creatinina serica..Entre as bacterias identificadas houve o predominio de Escherichia coli em ambos os grupos, e nao foram identificados fungos. Nao foram encontradas diferencas significantes entre os dois grupos quanto a presenca de bacteriuria significativa, como tambem quanto a incidencia de infeccao sintomatica do trato urinario, bacteriuria assintomatica, e de creatinina serica quando comparada antes e ao final do protocolo (p>0,05), demonstrando que, na concentracao utilizada (0,1 por cento), a Gentamicina nao altera a funcao renal dos pacientes. Os resultados deste estudo preliminar levam a crer que ...(au)
Assunto Cateterismo urinário
Lidocaína
Gentamicinas
Idioma Português
Data 2001
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2001. 110 p. tab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 110 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17273

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta