A membrana de hialuronato de sodio e carboximetilcelulose na prevencao da incidencia e da gravidade da obstrucao intestinal por aderencias pos-operatorias

A membrana de hialuronato de sodio e carboximetilcelulose na prevencao da incidencia e da gravidade da obstrucao intestinal por aderencias pos-operatorias

Título alternativo Sodium hyaluronate and carboxymethylcellulose membrane in the prevention of the incidence and severity of intestinal obstruction for post-operative adhesion
Autor Salum, Mara Rita Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A formacao de aderencias e fenomeno comum apos laparotomias. Sua ocorrencia pode determinar obstrucao intestinal pos-operatoria. Dentre os metodos existentes para prevencao da formacao de aderencias destaca-se o metodo de barreira fisica. Esse estudo analisa o emprego da Membrana de Hialuronato de Sodio e Carboximetilcelulose (MHSC) na prevencao da incidencia e na reducao da gravidade das complicacoes obstrutivas pos-operatorias. Para tanto, foram comparados 259 doentes operados entre junho de 1993 e outubro de 1998, e que receberam a MHSC (Grupo I), com outros 179 que nao a receberam. Nao houve diferenca entre a distribuicao dos grupos quanto ao sexo, idade, presenca de peritonite, carater da cirurgia ou numero de cirurgias previas. O seguimento de todos os doentes revelou 12 (4,6 por cento) casos de obstrucao intestinal no Grupo I, dos quais oito (3,1 por cento) foram tratados clinicamente com sucesso e quatro (1,5 por cento) necessitaram de cirurgia para lise de aderencias. No Grupo II foram encontrados 12 (6,7 por cento) doentes com obstrucao intestinal por aderencias, cinco (2,8 por cento) que melhoraram com tratamento clinico e sete (3,9 por cento) que necessitaram de tratamento cirurgico. Nao houve diferenca estatisticamente significante entre os dois grupos. Quando analisadas as complicacoes abdominais e extra-abdominais pos-operatorias imediatas e a taxa de mortalidade tambem nao houve diferenca estatistica entre os Grupos 1 e 11. O uso da MHSC nao modificou significativamente a incidencia e a gravidade da obstrucao intestinal pos-operatoria
Assunto Aderências Teciduais/prevenção & controle
Obstrução Intestinal/etiologia
Ácido Hialurônico
Carboximetilcelulose Sódica
Idioma Português
Data 2001
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2001. 64 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 64 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17298

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta