Cromoblastomicose: terapêutica e alterações linfocintilográficas

Cromoblastomicose: terapêutica e alterações linfocintilográficas

Título alternativo Chromoblatomycosis: therapeutic and lymphoscintilography alteration
Autor Ogawa, Marilia Marufuji Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Alchorne, Maurício Mota de Avelar Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Uma das complicacoes cronicas da cromoblastomicose e o linfedema decorrente de infeccoes secundarias no membro acometido. A doenca apresenta longa evolucao devido a dificuldade no tratamento especifico. Este estudo visou avaliar uma das modalidades de tratamento, associacao crioterapia com nitrogenio liquido e itraconazol oral; e as alteracoes do sistema linfatico. Sete pacientes com diagnostico de cromoblastomicose, foram acompanhados no Departamento de Dermatologia da Universidade Federal de São Paulo Escola Paulista de Medicina, num periodo que variou entre 6 meses a 7 anos. Todos foram tratados com itraconazol sistemico (100 mg a 400 mg por dia), associado a crioterapia com nitrogenio liquido. Dos 7 pacientes acompanhados, S apresentaram melhora, sendo que a cura clinica foi observada em apenas um paciente. Os dois pacientes restantes, por nao seguirem o tratamento de forma regular, apresentaram piora do quadro. Observou-se, que o itraconazol teve a capacidade de conter a propagacao centrifuga do fungo e que a crioterapia exerceu um papel importante no tratamento, pois nao houve recidiva da micose na cicatriz atrofica resultante deste tratamento. No entanto, a terapeutica da cromoblastomicose continua sendo ainda um grande desafio. Todos os pacientes foram submetidos a linfocintilografia para avaliacao do sistema linfatico do membro acometido. Os achados dos exames linfocintilograficos permitiram concluir que: a linfocintilografia foi um metodo eficaz para avaliar o sistema linfatico em pacientes de cromoblastomicose com linfedema periferico; o grau de linfedema pela avaliacao clinica foi proporcional as alteracoes do padrao linfocintilografico; nao observou correlacao entre extensao das lesoes da cromoblastomicose e grau de linfedema e nao houve reversao das alteracoes linfocintilograficas apos tratamento com a associacao itraconazol sistemico e crioterapia com nitrogenio liquido.
Assunto Cromoblastomicose
Sistema linfático/cintilografia
Terapêutica
Idioma Português
Data 2001
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2001. 93 + 22 anexos p. ilus. ,tab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 93 + 22 anexos p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17326

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta