Observação da efetividade das técnicas psicoterapêuticas: drenagem postural brônquica seletiva, tapotagem e técnica de expiração forçada, avaliando as propriedades viscoelásticas do muco brônquico

Observação da efetividade das técnicas psicoterapêuticas: drenagem postural brônquica seletiva, tapotagem e técnica de expiração forçada, avaliando as propriedades viscoelásticas do muco brônquico

Título alternativo Observation of effect off chest physiotherapy techniques: postural drainage, chest and forced expiration technique for assessmemt the vicoeslastic properties of respiratory mucus
Autor Ramos, Ercy Mara Cipulo Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Jardim, José Roberto de Brito Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Vários estudos têm buscado avaliar a efetividade das condutas ou manobras de higiene brônquica: drenagem postural brônquica seletiva(DPBS), Tapotagem (TAP) e Técnica de Expiraçao Forçada (TEF). Além da forma de execuçao de algumas delas, o tempo de aplicaçao e efetividade na quantidade e qualidade do muco expectorado por elas, merecem ser mais elucidados. Alguns trabalhos utilizam como método de avaliaçao da efetividade das manobras a inalaçao de radiaerossóis, outros, a grande maioria, utilizam a espirometria e o volume de secreçao expectorado antes e após a aplicaçao de cada manobra. Quanto a espirometria, se o estudo inclui pacientes obstrutivos crônicos, ela pode tornar-se pouco representativa. O volume de secreçao expectorado, na maioria dos estudos, nao é conclusivo para determinar a efetividade das técnicas, uma vez que na teoria e na prática, após a aplicaçao das manobras de higiene brônquica, o volume de secreçao é notadamente maior, com discretas diferenças entre elas. Mas, como a expectoraçao é o objetivo principal dessas manobras, entendemos que o muco mereça ser estudado, nao só em sua quantidade, mas também em suas propriedades viscoelásticas. Essas propriedades vêm sendo estudadas ao longo dos anos utilizando diversos métodos e aparelhagem, desde os mais simples como os viscosímetros, até os mais modernos como os micrireômetros magnéticos. Ambos, como todos os métodos, com sua vantagens e desvantagens, procuram avaliar condutas terapêuticas, situaçoes anormais para o sistema mucociliar, e, também, as normais. Um dos métodos de viscosímetro, o viscosimetro duplo capilar chamou-nos atençao, por parecer de simples manuseio e confecçao, além de necessitar de baixo investimento. Assim, este estudo teve como objetivo avaliar o muco expectorado antes e após a DPBS, TAP e TEF, utilizando como métodos, além da mensuraçao do peso úmido e da relaçao peso seco/ peso úmido, a avaliaçao da viscosidade e elasticidade do muco pelo uso do viscosímetro duplo capilar. Vinte e dois pacientes foram submetidos a quatro consultas, com intervalo de 48 horas...(au).
Assunto Fisioterapia/métodos
Muco
Propriedades físicas
Reologia
Viscosidade
Idioma Português
Data 2001
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2001. 167 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 167 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17516

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta