Padrao de desempenho de uma populacao geriatrica metropolitana na avaliacao neuropsicologica breve- NEUROPSI

Padrao de desempenho de uma populacao geriatrica metropolitana na avaliacao neuropsicologica breve- NEUROPSI

Título alternativo The cut-off score of a metropolitan population in evaluation neuropsicologica bre - NEUROPSI
Autor Dircksen, Andrea Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Nossa proposta foi aplicar uma avaliacao breve, criada para a America Latina e adaptada para o Brasil em um estudo piloto (ABRISQUETA, 1999), o NEUROPSI, que foi desenvolvido para fazer um diagnostico inicial ou preditivo dos declinios cognitivos em populacoes com diferentes graus de escolaridade e idade. Esta bateria avalia as seguintes areas da cognicao: Orientacao, Atencao e Concentracao, Memoria, Linguagem, Leitura, Ditado, Copia e Funcoes Executivas. Os objetivos para este estudo foram: verificar a eficacia desta bateria em uma populacao metropolitana brasileira, obter os padroes de desempenho e niveis de sensibilidade e especificidade que sirvam para nossa populacao, verificar a possibilidade de alterar a bateria, diminuindo seu tempo de aplicacao, sem que houvesse perda da sensibilidade e especificidade, alem de comparamos os grupos controles de São Paulo e Curitiba para verificar a existencia de alguma diferenca cultural que pudesse interferir nos resultados. Aplicamos esta bateria em uma amostra representativa da populacao geral, em demencia em fase inicial (CDR 1) e em um grupo de depressivos na area metropolitana de Curitiba. A avaliacao foi feita em 169 sujeitos divididos em quatro grupos: controle de Curitiba (N=75), dividido por idade em tres grupos com media de idade igual a 70,5 n 9,9 e media de escolaridade de 8,9 _+ 2,8; grupo depressao (N=19) com media deidade de 69,3 n 6,0 e de escolaridade 6,4 n 5 e grupo demencia (N=20) com media de idade de 76,3 n 7,2 e escolaridade media de 6,0 n 5,6, alem do grupo controle de São Paulo com media de idade de 66,4 n 6,4 e escolaridade media de 10 + 4,0. Observamos que o NEUROPSI foi muita eficiente para diagnosticar demencia em fase inicial. Praticamente todos os subtestes apresentaram alguma diferenca significativa para os dois grupos com excecao dos subtestes Repeticao, Nomeacao, Ditado e Copia. Alguns foram mais sensiveis que outros, com a retirada de alguns subtestes que se mostraram menos sensiveis pode-se reduzir o tempo de aplicacao em media 10 minutos sem qualquer perda na sensibilidade e especificidade da bateria, mostrando-se ainda mais sensivel na comparacao com o Mini Exame do Estado Mental. A bateria foi capaz de diferenciar os controles dos depressivos, porem nao mostrou grandes diferencas na maioria dos subtestes. Os resultados de Curitiba e São Paulo foram semelhantes, mostrando que o NEUROPSI e eficiente para a populacao de areas metropolitanas
Assunto Demência
Testes Neuropsicológicos
Idoso
Idioma Português
Data 2001
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2001. 85 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 85 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17537

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta