Caracteristicas do crime de homicidio cometido por esquizofrenicos e nao-esquizofrenicos

Caracteristicas do crime de homicidio cometido por esquizofrenicos e nao-esquizofrenicos

Título alternativo Characteristics of homicide committed by schizophrenics and non-schizophrenics
Autor Pacheco, Sergio dos Santos Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O objetivo da pesquisa foi comparar as caracteristicas do crime de homicidio cometido por esquizofrenicos e nao-esquizofrenicos e identificar as caracteristicas socio-demograficas, medico-psiquiatricas e legais nos grupos selecionados. A metodologia utilizada foi um estudo caso-controle, tendo como local o Instituto Psiquiatrico Forense Mauricio Cardoso de Porto Alegre-RS e dois Estabelecimentos Penais do Rio Grande do Sul (Presidio Central de Porto Alegre e Penitenciaria de Alta Seguranca de Charqueadas). Os participantes foram casos: 50 pacientes com diagnostico de Esquizofrenia, segundo os criterios diagnosticos da DSM-IV, internados no Instituto Psiquiatrico Forense Mauricio Cardoso de Porto Alegre, que cumpriam medida de seguranca detentiva devido ao delito de homicidio e 54 controles: detentos do Sistema Penitenciario do Estado Rio Grande do Sul, recolhidos ao Presidio Central de Porto Alegre e Penitenciaria de Alta Seguranca de Charqueadas, cumprindo pena detentiva pelo delito de homicidio. Os instrumentos utilizados foram entrevistas e revisao dos prontuarios medicos para examinar os aspectos sociodemografico, medico-psiquiatricos e legais. Para padronizar o processo de avaliacao foram usados os criterios diagnosticos da DSM-IV, atraves do SCID-I/P, que e uma entrevista estruturada, desenvolvida com a finalidade de aumentar a confiabilidade diagnostica e incrementar a validade diagnostica ao facilitar a aplicacao dos criterios do DSM-IV. Concluiu-se que o crime de homicidio dos internos foi caracterizado pelo uso de instrumento corto-contundentes, tais como materiais de trabalho, enxada, pa, machado, facao, foice, tendo como foco a cabeca e membros superiores da vitima, sendo local da ocorrencia do crime o ambiente familiar. Nos detentos, as caracteristicas do crime de homicidio foram marcadas por varios disparos, envolvendo instrumento perfuro-contundente (revolver), tomando a vitima de surpresa, porem agindo de forma premeditada, atingindo multiplos locais na mesma: abdomen, membros inferiores e/ ou costas, sendo o ambiente do crime, mais comum, a rua ou armazem. 0 modo de acao de surpresa, porem com premeditacao, nao foi exclusivo do crime dos internos (esquizofrenicos), sendo constatado em outros crimes praticados pelos detentos (homicidas nao-esquizofrenicos). Da mesma forma, em relacao a intensidade de multiplos golpes ou disparos, essa nao foi exclusiva nos crimes praticados pelos internos (esquizofrenicos), sendo observada nos ...(au)
Assunto Psiquiatria
Esquizofrenia
Homicídio/psicologia
Crime
Idioma Português
Data 2001
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2001. 160 p. tab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 160 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17554

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta