Mecanismo celular da acao hipotensora/anti-hipertensiva de principios isolados da Stachytarpheta cayennensis Vahl

Mecanismo celular da acao hipotensora/anti-hipertensiva de principios isolados da Stachytarpheta cayennensis Vahl

Título alternativo Cellular mechanisms of the hipotensive / anti-hypertensive activity to isolated compounds from Stachytarpheta cayennensis Vahl
Autor Battistini, Sergio Luis Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O extrato aquoso (EA) da Stachytarpheta cayennensis apresentou atividades inotropica e cronotropica negativas em atrios esquerdo e direito de ratas, respectivamente. Estes efeitos foram concentracao-dependentes e reversiveis apos lavagem das preparacoes. . O EA da Stachytarpheta cayennensis, em preparacoes de aorta toracica isolada de ratos, reduziu a contracao maxima induzida por noradrenalina de forma concentracao-dependente, nao-competitiva e reversivel sem, no entanto, alterar a afinidade desta catecolamina pelos receptores ai - adrenergicos. Este resultado indica que o EA da Stachytarpheta cayennensis possui atividade vasorrelaxadora e que esta atividade nao e via ativacao de receptores al - adrenergicos, e sim, em outro ponto da cascata de eventos intracelulares que levam a contracao da musculatura lisa vascular. I. Em preparacoes despolarizadas de aorta toracica de ratos, o EA da Stachytarpheta cayennensis e a fracao etanolica (FET) dele purificada, reduziram a contracao maxima induzida por CaC12, de forma concentracao-dependente e reversivel. O mesmo efeito foi constatado em preparacoes de veia porta de rato. Estes resultados sugeriram que o EA e a FET da S. cayennensis interferem direta ou indiretamente no influxo, mobilizacao e/ou na interacao de ions Ca 2' na musculatura lisa vascular. A ipolamida, composto isolado da FET, nao manteve esta atividade. Este fato sugere que a ipolamida nao apresenta acao relevante na atividade vascular da Stachytarpheta cayennensis. IV. A acao vascular do EA da Stachytarpheta cayennensis nao parece ser dependente da liberacao do oxido nitrico(NO) pelas celulas endoteliais vasculares...(au)
Assunto Plantas Medicinais
Anti-Hipertensivos
Músculo Liso Vascular
Átrios do Coração
Idioma Português
Data 2001
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2001. 63 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 63 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17566

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta