Prevalencia e incidencia de infeccao pelo HIV-1 no periodo de 1995 a 2000 e resistencia genotipica primaria aos antiretrovirais no centro de testagem anonima para HIV-1 municipio de Santos, SP

Prevalencia e incidencia de infeccao pelo HIV-1 no periodo de 1995 a 2000 e resistencia genotipica primaria aos antiretrovirais no centro de testagem anonima para HIV-1 municipio de Santos, SP

Título alternativo Prevalence and incidence of HIV-1 infection from 1995 to 2000 and resistence primary genotypic of antiretroviral in center of anon testagem for HIV-1 on district of Santos, SP
Autor Caseiro, Marcos Montani Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Determinar a prevalencia de Resistencia genotipica primaria aos antiretrovirais em individuos recem-infectados pelo HIV-1, no municipio de Santos, no ano de 1999 e a incidencia e prevalencia, da infeccao pelo HIV-1, atraves da realizacao da metodologia Sensitive / less sensitive, Detuned no periodo de 1995 a 2000. Metodos: Utilizou-se teste imunoenzimatico modificado para se determinar individuos infectados nos ultimos 3 meses e posteriormente estes individuos com infeccao recente e um grupo controle, posteriormente ambos os grupos tiveram seu genoma sequenciado para se determinar mutacoes relacionadas a resistencia aos medicamentos antiretrovirais utilizados pelos pacientes HIV / Sida, caracterizando resistencia adquirida. Resultados: No periodo entre 1995 e 2000, no que se refere aos individuos recentemente infectados detectados pelo metodo de detuned mostram uma incidencia crescente, de 0,93 em 1995 para 2,8 no ano de 2000, estatisticamente significativo, mostrando uma correlacao forte entre ano de diagnostico e o aumento do numero de casos de individuos recentemente infectados com relacao a prevalencia de mutacoes de resistencia aos medicamentos antiretrovirais, tinham resistencia aos inibidores da transcriptase reversa 20 por cento dos casos e 16 por cento aos inibidores de transcriptase reversa nao nucleosideo; quando comparados a um grupo controle foi significativa a diferenca entre eles, nao foram observadas mutacoes significativas relacionadas aos inibidores de protease. Conclusoes: Estes dados mostram que a incidencia da infeccao pelo HIV-1 vem crescendo em nosso municipio bem como e alta a ocorrencia de transmissao de cepas resistentes aos medicamentos antiretrovirais disponiveis.
Assunto Infecções por HIV
HIV-1
Incidência
Genótipo
Idioma Português
Data 2001
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2001. 116 p. ilus. ,tab. ,graf.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 116 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17572

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta