Caracterizacao de inibidores de serinoproteases(BmTIs)presentes em larvas de carrapatos Boophilus microplus e o efeito no controle da infestacao parasitaria em bovinos

Caracterizacao de inibidores de serinoproteases(BmTIs)presentes em larvas de carrapatos Boophilus microplus e o efeito no controle da infestacao parasitaria em bovinos

Título alternativo Characterization of serine protease inhibitors(BmTIs) present in Boophilus microplus larvae and its effect in the parasitary infestation control in bovines
Autor Andreotti, Renato Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: O carrapato Boophilus microplus causa grandes prejuizos economicos a exploracao pecuaria brasileira em funcao da espoliacao dos bovinos e do alto custo operacional das tecnica atuais de controle. Proteinas extraidas a partir de carrapatos podem ser usadas como ferramenta no controle dos mesmos. Com o objetivo de avaliar o potencial imunoprotetor de inibidores de tripsina foram realizados estudos com inibidores de tripsina provenientes de extrato de larvas de carrapato B. microplus (BmTIs). Metodos: As larvas usadas nos experimentos foram provenientes de uma colonia de carrapatos mantidas livre de hemoparasitos. Os BmTIs foram purificados por cromatografia de afinidade tripsina-Sepharose e troca ionica associadas, suas massas moleculares avaliadas por eletroforese em gel de SDS-poliacrilamida e sua capacidade inibitoria foi caracterizada por zimografia reversa. A dosagem de inibicao foi realizada para diferentes enzimas. A avaliacao da imunoprotecao dos bovinos contra os carrapatos foi realizada pela imunizacao dos bovinos com 100 mg do antigeno (BmTIs) com tres aplicacoes subcutaneas, apos 15 dias da inoculacao os animais foram desafiados por meio da infestacao com 20 OO0 larvas de B. microplus. Os anticorpos policlonais dos bovinos foram dosados por teste de ELISA. Os resultados foram avaliados com tratamento estatistico nao parametrico. Resultados: Os inibidores apresentaram dois grupos de acordo com as massas moleculares: 18 e 10 kDa (SDS-PAGE). O inibidor de 18 kDa apresentou constantes de inibicao - Ki(s) de: 0,4 nM, 3,5 nM e 35 nM para tripsina, elastase de neutrofilo e calicreina plasmatica, respectivamente. O inibidor nao alterou os tempos de protrombina (TP) e trombina (TT), mas prolongou em tres vezes o tempo de tromboplastina parcialmente ativada (TTPA). Quando os inibidores foram avaliados no periodo de vida livre desde o inicio da postura dos ovos ate a larva infectante, o Ki para elastase de neutrofilo melhorou em 10 vezes. A sequencia de aminoacidos N-terminal do inibidor majoritario presente em larva infectante foi: AVDFDKGCVPTADPGPCKG. A avaliacao do desenvolvimento da larva mostrou uma efiCiência de 72,8 por cento de imunizacao reduzindo o numero de carrapatos e o peso dos ovos quando comparados com o grupo controle. Conclusoes: As diferencas de atividade de inibicao nas diferentes fases sugerem que os BmTIs podem desempenhar diferentes papeis durante o processo de desenvolvimento. Os anticorpos gerados...(au)
Assunto Controle de Ácaros e Carrapatos
Inibidores da Tripsina
Idioma Português
Data 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 105 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 105 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17786

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta