Brometo de ipratrópio inalatório em pacientes com doença pulmonar obstrutiva cronica: revisão sistemática de ensaios clínicos aleatórios com metanálises

Brometo de ipratrópio inalatório em pacientes com doença pulmonar obstrutiva cronica: revisão sistemática de ensaios clínicos aleatórios com metanálises

Título alternativo Inhaled ipratropium bromide in stable patients with chronic obstrutive pulmonry disease: systematic review of randomised controlled trials with meta-analysis
Autor Costa, Soraya Matoso Lettieri Germano Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Contexto: A terapia broncodilatadora e considerada o tratamento de primeira escolha na doenca pulmonar cronica (DPOC). 0 uso apropriado de drogas broncodilatadoras melhora a obstrucao ao fluxo aereo e reduz a dispneia em pacientes com DPOC. Este conceito e evidenciado por numerosos estudos que mostram melhora da funcao pulmonar, assim como a reducao dos sintomas, seguindo-se a administracao de diferentes classes de broncodilatadores em pacientes com DPOC. Duas classes de broncodilatadores inalatorios, anticolinergicos e beta agonistas, sao utilizadas nos pacientes com DPOC. Os dois grupos de drogas diferem no seu mecanismo de acao no sistema respiratorio. 0 brometo de ipratropio e agente anticolinergico quaternario, sintetico, derivado da atropina. 0 mecanismo de acao dos agentes anticolinergicos e por inibicao dos receptores colinergico dos musculos expiratorios e estaria mais indicado na DPOC, por seu maior tonus bronquico colinergico. Objetivo: Avaliar todas as evidencias relatadas nos estudos clinicos relacionados com a eficacia do brometo de ipratropio inalatorio em relacao ao placebo, beta adrenergico, xantina e corticoide em pacientes com DPOC estavel. Tipo de estudo: Revisao sistematica de estudos clinicos aleatorios com metanalise. Local: Disciplina de Pneumologia do Departamento de Medicina, da Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina, São Paulo. Amostra. Criterios de inclusao: TIPO DE ESTUDO: ensaios clinicos aleatorios com brometo de ipratropio inalatorio. PARTICIPANTES: pacientes com DPOC estavel. INTERVENCAO: uso de brometo de ipratropio inalatorio comparado com grupo controle (placebo ou xantina ou corticoide ou beta adrenergico). Criterios de exclusao: ensaios clinicos que preencheram os criterios de inclusao cuja descricao do sigilo da alocacao foi inadequada. Amostragem. Identificacao: As fontes utilizadas nesta revisao foram localizadas atraves das bases de dados eletronicas e com o registro de ensaios clinicos aleatorios do Grupo Vias Aereas da Colaboracao Cochrane (1999), Medline (19961999), Embase (1992-1999), Lilacs (1982-1999) e Excepta. Selecao: dois revisores independentes, avaliando os criterios de inclusao e exclusao. Variaveis analisadas: a) Capacidade de exercicio, avaliada pelo teste da caminhada, teste de exercicio incremental e endurance na esteira ou cicloergometro; b) exacerbacao: aumento da dispneia; c) avaliacao da dispneia pela escala de Borg; d) teste de funcao pulmonar, VEF, previsto...(au)
Assunto Ipratropio
Pneumopatias Obstrutivas
Xantinas
Agonistas Adrenérgicos beta
Corticosteroides
Metanálise como assunto
Idioma Português
Data 2001
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2001. 100 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 100 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17795

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta