Anemia ferropriva e deplecao das reservas de ferro em lactentes atendidos em um centro de Saúde escola em Belem, Para

Anemia ferropriva e deplecao das reservas de ferro em lactentes atendidos em um centro de Saúde escola em Belem, Para

Título alternativo Iron-defency anemia and depletion of iron reserves in infants attended to a school health center in Belem, Para
Autor Neves, Marcia Bitar Portella Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos: Os objetivos deste estudo envolvendo, lactentes atendidos em um centro de Saúde escola em Belem, Para foram: verificar a ocorrencia da anemia ferropriva e deplecao das reservas de ferro e estudar os fatores associados com a defiCiência de ferro. Casuistica e Metodos: Foi realizado estudo transversal, envolvendo 365 criancas com idade entre 6 e 24 meses. As informacoes sobre os fatores associados com a defiCiência de ferro foram obtidas pelas respostas a um questionario padronizado. Foi coletado sangue venoso para dosagem da hemoglobina e ferritina serica. Uma amostra de fezes foi coletada para exame protoparasitologico. Anemia foi caracterizada quando a concentracao de hemoglobina foi inferior a 11 g/dl, conforme recomendado pela Organizacao Mundial da Saúde. Deplecao das reservas de ferro foi caracterizada quando a ferritina serica foi inferior a 12 m/l. Os lactentes foram distribuidos em 4 categorias: 1. normal ou suficientes em ferro (hemoglobina igual ou maior do que 11 g/dl e ferritina igual ou maior do que 12 mg/l); 2. anemia ferropriva (hemoglobina menor que 11 g/dl e ferritina serica menor do que 12 mg/l); 3. deplecao das reservas de ferro (hemoglobina igual ou maior do que 11 g/dl e ferritina inferior a 12 mg/l); 4. estado nutricional de ferro nao classificavel (hemoglobina menor do que 11 g/dl e ferritina igual ou maior do que 12mg/l). Resultados: Anemia ferropriva foi caracterizada em 55,1 por cento dos 365 lactentes, deplecao das reservas corporais de ferro em 15,3 por cento e sufiCiência em ferro em 18,1 por cento. Nao foi possivel definir o estado nutricional de ferro em 42 (11,5 por cento) lactentes que apresentaram diminuicao da hemoglobina e ferritina normal. Portanto, defiCiência de ferro foi encontrada em 70,4 por cento dos lactentes estudados. 0 modelo de regressao logistica mostrou associacao entre defiCiência de ferro (ferritina menor do que 12 mg/l) e faixa etaria entre 6 e 12 meses (odds ratio = 0,27), renda per capita igual ou menor que 1 salario minimo (odds ratio = 0,37), historia de aleitamento materno exclusivo positivo (odds ratio = 0,21), nao utilizacao de formula fortificada com ferro como primeiro leite utilizado no desmame (odds ratio = 0,51). Nao se encontrou associacao entre sexo, duracao do aleitamento natural, peso ao nascer, idade gestacional, gemelaridade, desnutricao e parasitose intestinal. Conclusao: DefiCiência de ferro foi encontrada em grande parte...(au)
Assunto Anemia
Deficiência de Ferro
Hemoglobinas
Ferritinas
Lactente
Idioma Português
Data 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 95 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 95 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17810

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta