Investigação genética e citogenética molecular em osteossarcomas

Investigação genética e citogenética molecular em osteossarcomas

Título alternativo Genetics and cytogenetics molecular investigation in osteossarcoma
Autor Toledo, Silvia Regina Caminada de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Andrade, Joyce Anderson Duffles Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O osteossarcoma (OS) e um tumor osseo maligno, derivado do mesenquima primitivo e entre os tumores osseos e o que apresenta maior incidencia em adolescentes.0 pico de ocorrencia e a segunda decada de vida, acometendo com maior frequencia sitios de crescimento rapido, durante o estirao de crescimento. 0 interesse na patologia e biologia do OS tem aumentado consideravelmente, uma vez que entre os tumores solidos da infancia e adolescencia e exemplo proeminente da eficacia do tratamento quimioterapico agressivo. 0 conhecimento dos eventos geneticos relacionados com a genese e os mecanismos de resistencia a drogas desses tumores contribuem para um melhor entendimento da biologia do OS. 0 presente trabalho teve os seguintes objetivos: 1.Investigar a expressao de genes que possam estar envolvidos na resistencia a drogas no OS, na tentativa de contribuir para o conhecimento desse complexo mecanismo. 2. Avaliar as regioes de perda elou ganho de material cromossomico em OS por meio de hibridacao genomica comparativa (CGH).3. Investigar comparativamente, em linhagens celulares de OS a instabilidade cromossomica, avaliada por meio de hibridacao in situ fuorescente (FISH) e os dados de ganho e/ou perda de material cromossomico obtidos por CGH. Nos investigamos o gene de resistencia a multiplas drogas (MDR1), o proto-oncogene ERBB2 e um gene associado a resistencia a cisplatina (CRAb). A relacao entre a expressao do gene MDR1, resposta a quimioterapia e recaida da doenca ainda permanece controversa. A expressao da proteina erbb2 tem sido relacionada a mau prognostico e a proposta e utilizar essa proteina como alvo terapeutico em OS. 0 produto do gene CRAb foi associado a resistencia a cisplatina, porem sem nenhuma investigacao anterior descrita na literatura. Foram estudadas 26 amostras de 20 pacientes portadores de OS e uma amostra de osso normal sem evidencia clinica de doenca ossea. A estrategia de investigacao utilizada foi a combinacao de transcricao reversa - reacao em cadeia da polimerase (RT-PCR). 0 gene MDR1 foi investigado em 24 samples, 63 por cento positivo para a expressao do gene (5 amostras pre-quimioterapia e 10 amostras pos-quimioterapia). 0 gene CRAb foi investigado em 23 amostras, 57 por cento foram positivas (6 amostras pre-quimioterapia e 7 pos-quimioterapia). 0 gene ERBB2 foi investigado em 21 amostras, somente uma teve... (au)
Assunto Osteossarcoma
Oncogenes
Genes MDR
Cromossomos
Osteosarcoma
Oncogenes
Genes, MDR
Chromosomes
Idioma Português
Data 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 100 p. ilus.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 100 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17821

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta