Estudo da expressão de proteínas pró-apoptóticas e anti-apoptóticas antes e após cultura com fludarabina em células de leucemia linfocítica crônica

Estudo da expressão de proteínas pró-apoptóticas e anti-apoptóticas antes e após cultura com fludarabina em células de leucemia linfocítica crônica

Título alternativo Expression of apoptosis-regulating proteins before and after cell culture with fludarabine in chronic lymphocytic leukemia
Autor Faria, Jose Roberto de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Oliveira, José Salvador Rodrigues de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A leucemia linfoide cronica (LLC), e neoplasia clonal de celulas B, caracteristicamente de evolucao insidiosa, onde o acumulo de linfocitos ocorre nao pelo indice de proliferacao acentuado, mas pela inibicao da apoptose. Objetivos: Averiguar as proteinas determinantes da apoptose: p53; bcl-2; bax; bag-1 e mcl-1 em linfocitos de portadores de LLC In natura, e apos incubacao com fludarabina e correlacionar a expressao destas proteinas com o grau de apoptose; com o estadiamento clinico de Rai modificado, o tempo de duplicacao linfocitaria (TDL) e a presenca ou ausencia de tratamento previo. Metodos: Antes e apos incubacao com fludarabina por 48 horas foram determinadas por citometria de fluxo, as expressoes das proteinas p53, bcl-2, bax, bag-1, mcl-1 e anexina em celulas linfomononucleares separadas por gradiente de densidade. As subpopulacoes viavel e apoptotica foram identificadas a citometria atraves do tamanho, complexidade e co-expressao de CD5 e CD20. O grau de apoptose nas 2 subpopulacoes foi confirmado pela expressao da anexina. Foi feita analise de variancia da expressao das proteinas entre o sistema de estadiamento de Rai modificado, o tempo de duplicacao linfocitaria e a presenca ou ausencia de tratamento previo nas 2 subpopulacoes. Foi feita analise de correlacao entre as expressoes das proteinas e a expressao da anexina. Foram utilizados os testes de Mauchly, a ANOVA one way e o coeficiente de Pearson para as analises estatisticas. Resultados e Conclusoes: A divisao da populacao linfocitaria em subpopulacoes viavel e apoptotica a citometria de fluxo, forneceu subsidios importantes no estudo do comportamento das proteinas, tais como: 1) A proteina p53 foi regulada positivamente apos exposicao a fludarabina; 2) A proteina bax foi importante indutora de apoptose na subpopulacao responsiva a fludarabina; 3) A proteina bcl-2 apresentou acao anti-apoptotica na LLC, mas o indice bcl/bax refletiu melhor o comportamento celular na apoptose, por considerar tambem a influencia da bax; 4) A proteina mcl-1 apresentou-se aumentada entre as celulas resistentes a incubacao com fludarabina e pode ser uma das responsaveis pela inibicao da apoptose na LLC; 5) A proteina bag-1 apresentou alta expressao na subpopulacao de celulas viaveis na LLC, e foi a que mais se relacionou com a persistencia da viabilidade celular apos incubacao com fludarabina;...(au)
Assunto Leucemia linfocítica crônica de células B/fisiopatologia
Apoptose/efeitos de drogas
Proteínas proto-oncogênicas/efeitos de drogas
Proteínas proto-oncogênicas/fisiologia
Citometria de fluxo/métodos
Idioma Português
Data 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 147 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 147 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17834

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta