Estudo comparativo da imunoexpressão de MMP-2 em colo uterino normal, em neoplasias intra-epiteliais e no carcinoma escamoso cervical

Estudo comparativo da imunoexpressão de MMP-2 em colo uterino normal, em neoplasias intra-epiteliais e no carcinoma escamoso cervical

Título alternativo Comparative study of MMP-2 immunoexpression in normal uterine cervix, intraepithelial neoplasias and squamous cervical carcinoma
Autor Gaiotto, Maria Angelica Maia Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Focchi, José Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Para que ocorra a invasao tumoral e imprescindivel a degradacao da membrana basal, a qual e composta principalmente pelo colageno tipo IV. MMPs sao enzimas que degradam pelo menos um dos componentes da matriz extracelular. Dentre elas, a MMP-2 e a que possui maior atividade colagenolitica em relacao ao colageno tipo IV e seu aumento tem sido associado com varias neoplasias invasoras como da mama, colon, bexiga, ovario e do colo uterino, entre outras. Com o objetivo de quantificar a imunoexpressao de MMP-2 no tecido cervical normal, nas neoplasias intraepiteliais graus I, II e III e no carcinoma invasor de colo uterino, avaliamos 12 fragmentos de colos normais, obtidos de pacientes submetidas a histerectomina abdominal total por doenca benigna, 12 casos de NIC I, 12 casos de NIC li, 12 casos de NIC III e 12 de carcinomas invasores de colo, obtidos por meio de biopsias ou CAF no Departamento de Patologia da UNIFESP- Escola Paulista de Medicina, no periodo de 1994 a 2001. As laminas foram submetidas a reacao imuno-histoquimica para MMP-2. Posteriormente contaram-se todas as celulas estromais positivas e negativas para a referida enzima ate um minimo de 1000 por lamina. A contagem foi efetuada por meio de programa computadorizado de analise de imagem (Imagelab). Os valores medios do indice de celulas expressando MMP-2 por 1000 celulas foram : 0,42 por cento (grupo controle), 3,69 por cento (NIC I), 11,5 por cento (NIC II), i7,6 por cento (NIC III) e 82,9 por cento (carcinoma). A analise estatistica demonstrou que :)dos os grupos foram diferentes entre si, com significancia estatistica, sendo controle < NIC 1 < NIC 11 < NIC 111 < carcinoma invasor de colo uterino
Assunto Metaloendopeptidases
Carcinoma de Células Escamosas
Idioma Português
Data 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 81 p. ilustabgraf.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 81 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17878

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta