Validacao do teste rapido para detecao de anticorpos anti-leishmania donovani(TRALd) no diagnostico da Leishmaniose visceral canina em Montes Claros, Minas Gerais, Brasil

Validacao do teste rapido para detecao de anticorpos anti-leishmania donovani(TRALd) no diagnostico da Leishmaniose visceral canina em Montes Claros, Minas Gerais, Brasil

Título alternativo Validation of rapid test for detecting antibodies against Leismania donovani(TRALd) to diagnose visceral leishmaniasis in Montes Claros, Minas Gerais, Brazil
Autor Rocha, Marilia Fonseca Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução e Objetivos: Atualmente uma das grandes questoes no controle da leishmaniose visceral canina (LVC) e encontrar um metodo de diagnostico rapido, economico, de facil aplicabilidade no campo e com excelente sensibilidade e especificidade. Estudos sorologicos realizados sugerem o Teste Rapido para deteccao de Anticorpos contra Leishmania donovani (TRALd) como possivel solucao. Este trabalho visa avaliar o desempenho desse teste na rotina do programa de controle da LVC e no laboratorio. Materiais e Metodos: Foi realizado um inquerito sorologico censitario (estudo transversal) compreendendo 6928 caes domiciliados em quinze bairros de Montes Claros, Minas Gerais, utilizando a tecnica de reacao de imunofluorescencia indireta (RIFI). Para validacao do TRALd identificaram-se, a partir dos resultados do estudo transversal, 321 caes soropositivos e 321 caes soronegativos selecionados atraves de sorteio entre o total de soronegativos. Do total de 642 selecionados, 482 foram submetidos a avaliacao clinica, TRALd realizado no campo, coleta de sangue em papel filtro e seringa, puncao de medula ossea e biopsia de pele. Os resultados do TRALd-campo com sangue total e do TRALd-laboratorio com soro foram comparados com dois padroes ouro constituidos pelas associacoes de metodos diagnosticos, parasitologico direto (medula/pele) com RIFI e ELISA em soro (padrao ouro soro-parasitologico) ou em eluato (padrao ouro eluato-parasitologico). Resultados: A prevalencia global de LVC foi de 4,6 por cento. O TRALd-campo apresentou sensibilidade de 90,9 por cento; especificidade de 57,4 por cento; valores preditivos positivo e negativo ajustados para prevalencia de 5 por cento foram de 10º/a e 99 por cento, respectivamente, e indice de Youden (J) de 0,48. Quanto ao TRALd-laboratorio os parametros apresentados foram sensibilidade de 89,6 por cento; especificidade de 98,4º/a, J de 0,88; valores preditivos positivo e negativo ajustados foram de 75 por cento e 99 por cento, respectivamente, considerando padrao ouro soro-parasitologico. Nao houve diferenca significativa das tecnicas RIFI, ELISA rK39 e ELISA Padrao quando se utilizou eluato ou soro. Conclusao: O TRALd, realizado com soro no laboratorio, pela facilidade de execucao, baixa complexidade e rapidez, apresenta-se como metodo diagnostico da LVC alternativo a RIFI, especialmente para triagem de um...(au)
Assunto Leishmaniose Visceral
Diagnóstico
Antígenos
Idioma Português
Data 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 71 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 71 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17890

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta