Resposta imunologica a vacina contra haemophilus influenzae tipo B em gestantes desnutridas e sem desnutricao

Resposta imunologica a vacina contra haemophilus influenzae tipo B em gestantes desnutridas e sem desnutricao

Título alternativo Immune response to Haemophilus influenzae type B vaccine in desnutrition and non desnutrition pregnant
Autor Cavalcante, Rejane Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Avaliar a resposta imunologica a vacina Haemophilus influenzae tipo b en gestantes desnutridas e sem desnutricao e estudar a transferencia transplacentaria dos anticorpos especificos ao poliribosilribitol fosfato e o nivel serico desses anticorpos nc lactente aos 2 e 6 meses de idade, comparando o grupo de filhos de gestante: desnutridas ao de gestantes sem desnutricao. Metodos: A vacina polissacaridica contra Haemophilus influenzae tipo b conjugada ao toxoide tetanico foi utilizada pari vacinar 64 gestantes no terceiro trimestre de gestacao 34 desnutridas e 30 sem desnutricao. Dosagem de anticorpos especificos ao poliribosilribitol fosfato foi realizada: na gestante (antes da imunizacao contra o Haemophilus influenzae tipo b) na puerpera, no recem nascido, no lactente aos 2 meses de idade, antes da imunizacao ativa com vacina polissacaridica contra Haemophilus influenzae tipo b conjugada ao toxoide tetanico, e aos 6 meses de idade, apos 2 doses da referida vacina. Resultados: Concentracao de anticorpos especificos ao polirribosilribitol fosfato foi semelhante nos dois grupos, desnutrido e sem desnutricao: nas gestantes puerperas e lactentes aos 2 e 6 meses de idade. Menor concentracao de anticorpo contra Haemophilus influenzae tipo b foi observada no grupo de recem nascidos filhos de gestantes desnutridas com transferencia transplacentaria de anticorpos especificos. Niveis de anticorpos ao poliribosilribitol fosfato >0,15mg/mL foram encontrados em 100 por cento das gestantes, puerperas, recem nascidos e lactentes aos 2 e 6 meses de idade nos grupos de gestantes desnutridas e sem desnutricao. Concentracao de anticorpo especificos 31,Omg/mL foi observada em: 53,3 por cento, 100 por cento, 100 por cento, 94,7 por cento, 77,8 por cento e 62,5 por cento, 100 por cento, 100 por cento, 95,8 por cento, 61,1 por cento, respectivamente, em gestantes, puerperas, recem-nascidos e lactentes aos 2 e 6 meses de idade nos grupos de gestantes desnutridas e sem desnutricao. Conclusoes: Ocorreu resposta imunologica a vacina contra Haemophilus influenzae tipo b e transferencia transplacentarial de anticorpos especificos ao poliribosilribitol fosfato nos grupos de gestantes desnutridas e serr desnutricao, com persistencia de elevados niveis de protecao contra a infecao por essE bacteria ate os 6 meses de idade nos dois grupos. A menor transferenci2 transplacentaria de anticorpos especificos ao poliribosilribitol...(au)
Assunto Imunização Passiva
Alergia e Imunologia
Haemophilus influenzae tipo b
Recém-Nascido
Anticorpos
Idioma Português
Data 2002
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2002. 85 p. ilustab.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 85 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17942

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta