Comparação da redução do faturamento da cirurgia de catarata em um hospital público utilizando duas incisões distintas(corneoescleral e tunel escleral) para a técnica de facectomia extra-capsular com implante de lente intra-ocular

Comparação da redução do faturamento da cirurgia de catarata em um hospital público utilizando duas incisões distintas(corneoescleral e tunel escleral) para a técnica de facectomia extra-capsular com implante de lente intra-ocular

Título alternativo Financial comparison of cataract surgery in a public hospital using two different incisions(corneoscleral and scleral tunnel) to the extracapsular extraction of cataract with an intraocular implant
Autor Marques, Frederico França Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Rehder, Jose Ricardo Carvalho Lima Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Comparar a reducao do faturamento da cirurgia de catarata no Departamento de Oftalmologia da Faculdade de Medicina ABC (FMABC) utilizando duas incisoes distintas (corneoescleral e tunel escleral) para a tecnica de facectomia extra-capsular (FEC) com implante de lente intra-ocular tendo como base o astigmatismo induzido. Metodos: Foi realizado um estudo prospectivo randomizado utilizando 32 pacientes distribuidos em dois grupos. Estes foram submetidos a facectomia (FEC) com implante de lente intra-ocular (LIO) tendo como unica variavel o tipo de incisao, utilizando incisao corneoescleral no grupo A e tunel escleral no grupo B. A medida do astigmatismo induzido foi realizada na primeira semana, quarta semana, no terceiro mes e sexto mes utilizando videoceratoscopia. A necessidade de retirada de pontos na setima semana e de retornar na nona semana foram comparadas entre os grupos. O valor de cada procedimento foi fornecido pelo Departamento financeiro da FMABC. Resultados: O astigmatismo induzido foi maior na primeira e quarta semanas no grupo A sendo estatisticamente significante quando comparado ao grupo B (p<0.05). Porem, a partir do terceiro mes, nao houve diferenca estatistica. Sete pacientes do grupo A (77,78 por cento) e dois do grupo B (22,22 por cento) necessitaram retornar na nona semana devido ao astigmatismo induzido, portanto, o grupo A representou uma reducao no faturamento de 55,4 por cento maior do que no grupo B. Conclusao: A FEC com implante de LIO utilizando a incisao tunel escleral proporcionou um menor astigmatismo induzido, estabelecendo assim, uma menor reducao do faturamento decorrente da diminuicao do numero de reavaliacoes quando comparada a tecnica corneoescleral
Assunto Custos e análise de custo
Extração de catarata
Astigmatismo
Idioma Português
Data 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 33 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 33 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18811

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta