Valoração por contingência

Valoração por contingência

Título alternativo Contingent valuation: validation of the method in rheumatoid arthritis patients
Autor Kowalski, Sergio Candido Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ferraz, Marcos Bosi Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: Os custos da tecnologia e dos cuidados dispensados a Saúde aumentaram significativamente nos ultimos anos. Em consequencia a analise economica de programas ou tratamentos na area da Saúde serve como guia para tomadas de decisao. O Metodo de Valoracao por Contingencia (VC) emprega entrevistas com cenarios hipoteticos do programa sob avaliacao. Os entrevistados sao solicitados a pensar sobre a contingencia de um mercado real existente para um programa ou beneficio relacionado a Saúde, e a revelar o maximo que estariam dispostos a pagar (willing to pay) e sacrificar em termos de negar a aquisicao de outros bens, para obter os beneficios do programa avaliado, caso ele estivesse no mercado. Como o metodo VC nao foi testado em nosso meio, o presente estudo teve por objetivos, analisar suas propriedades de medida. Metodos: os pacientes foram selecionados consecutivamente do ambulatorio de Reumatologia da UNIFESP. Criterios de inclusao: pacientes que tinham diagnostico de Artrite Reumatoide de acordo com os criterios de classificacao do American College of Rheumatology (ACR - 1988), maiores de 18 anos, concordancia em participar do estudo pela assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido, capacidade para responder os questionarios. Os pacientes responderam aos questionarios de VC, HAQ e SF-36. Os valores de Disposicao para pagar para obter a cura da doenca foram calculados nos formatos leilao e dicotomico. Resultados: 259 pacientes com idade media (desvio padrao) de 54 (13) anos participaram do estudo. 74 por cento dos pacientes nao estavam trabalhando no periodo. A reprodutibilidade do metodo de Valoracao por Contingencia foi de 0,538, que confere moderada concordancia entre os valores de Disposicao para Pagar, obtidos nas duas entrevistas (teste e re-teste) com intervalo de 30 dias. A media dos valores de Disposicao para Pagar (R$ 139,00) dos pacientes com AR pela cura hipotetica da doenca, representam aproximadamente o triplo dos custos medios mensais com drogas para artrite reumatoide (R$ 47,00), e quase o dobro dos custos medios mensais com drogas para AR e doencas associadas (R$ 81). Conclusao: O instrumento de Valoracao por Contingencia demonstrou ter validade de construcao, comprovada pela presenca do sinal esperado (positivo), e significancia estatistica (p<0,05), da variavel salario familiar mensal, nos modelos de regressao linear e logistica. A validade de construcao do instrumento de Valoracao por Contingencia foi estabelecida pela presenca do sinal esperado (negativo), e significancia estatistica (p<0,05) da variavel valores unicos oferecidos (bids), no modelo de regressao logistica. Nao houve correlacao dos valores de Disposicao para Pagar e medidas de qualidade de vida (HAQ e SF36), nos questionarios dicotomico ou leilao
Assunto Análise custo-benefício
Artrite reumatoide
Idioma Português
Data 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 128 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 128 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18860

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta