Imunizacao eritrocitaria em pacientes com doenca falciforme no estado do Amazonas

Imunizacao eritrocitaria em pacientes com doenca falciforme no estado do Amazonas

Título alternativo Eritrocity immunization in patients with sickle cell disease in Amazon States
Autor Matsuura, Miharu Maguinoria Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: Os pacientes com doenca falciforme por serem cronicamente transfundidos podem desenvolver reacoes imunologicas contra antigenos dos varios sistemas de grupos sanguineos, promovendo a imunizacao eritrocitaria, que e caracterizada pelo desenvolvimento de alo e autoanticorpos antieritrocitarios. Esses anticorpos dificultam a obtencao de sangue compativel por interferir nos testes de compatibilidade e podem, tambem, ocasionar reacoes transfusionais hemoliticas do tipo agudo elou tardio, as vezes de importancia vital, aumentando a morbidade entre esse grupo. 0 presente estudo propoe analisar o perfil imunohematologico dos pacientes com doenca falciforme do HEMOAM atraves da deteccao e identificacao de aloanticorpos irregulares contra os antigenos eritrocitarios, bem como caracterizar os principais sistemas de grupo sanguineo desses pacientes e, investigar a frequencia de aloimunizacao eritrocitaria causada pelas diferencas fenotipicas entre os pacientes com doenca falciforme e doadores de sangue do HEMOAM. CASUISTICA E METODOS: Trata-se de um estudo observacional, analitico, de delineamento transversal. Todas as amostras foram testadas para a determinacao da fenotipagem dos principais antigenos eritrocitarios utilizando o metodo de gel centrifugacao (DiaMed) para os seguintes sistemas sanguineos: ABO, Rh, Kell, MNSs, Kidd, Duffy, Lewis, P, Lutheram. Todas as amostras foram testadas para a Pesquisa de Anticorpos Irregulares (PAI) pelo metodo de antiglobulina indireto, utilizando a tecnica em tubo com Polietilenoglicol (Biotest) e por gel centrifugacao (DiaMed) em meio de baixa forca ionica (LISS) e enzimatico (bromelina). Todas as amostras reativas no PAI foram analisadas para a identificacao de anticorpos irregulares atraves de painel de hemacias fenotipadas, utilizando o meio em que ocorreu a positividade. Todas as amostras foram testadas para a pesquisa de autoanticorpos pelo teste de antiglobulina direto, utilizando a tecnica de gel centrifugacao com cartoes de Coombs monoespecifico com a finalidade de classificar o anticorpo em IgG, IgM, IgA ou fracao de complemento (C3c e/ou C3d). Para investigar se a frequencia de aloimunizacao eritrocitaria poderia ser causada pelas diferencas fenotipicas entre os doadores e receptores de sangue foram comparados os fenotipos eritrocitarios dos pacientes deste estudo com os dos doadores de sangue, cujos dados foram publicados anteriormente no Boletim da Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia de outubro de 1998, utilizando-se o banco de dados do HEMOAM. RESULTADOS: Nos resultados dos exames imunohematologicos para a deteccao de anticorpos irregulares antieritrocitarios 72 pacientes que tinham sido previamente transfundidos, 61 (82,0 por cento) foram negativos e 13 (18,0 por cento) foram positivos em um dos testes de antiglobulina indireto, indicando uma taxa de 18,0 por cento de aloimunizacao nos pacientes com doenca falciforme do HEMOAM. Nenhum aloanticorpo foi encontrado em pacientes que nao receberam transfusoes. Foram detectados 14 aloanticorpos (1 paciente desenvolveu 2 aloanticorpos), sendo que 5 (35,7 por cento) tinham especificidade para anti-Rh (E, C), 4 (28,6°!0) para anti-Kell (K), 1 (7,1 por cento) para anti-S, 1 (7,1 por cento) para anti-Lewis (Lea) e 3 (21,5 por cento) nao foram possiveis identificar pelos metodos utilizados. Na pesquisa de autoanticorpos utilizando o teste de antiglobulina direto (TAD) observou-se que 66 (91,7 por cento) dos pacientes tiveram o resultado negativo e 6 (8,3 por cento) tiveram positivo, caracterizando uma taxa de 8,3 por cento de autoimunizacaoa(au)
Assunto Doença da Hemoglobina SC
Transfusão de Sangue
Eritrócitos
Imunização
Idioma Português
Data 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 68 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 68 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18867

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta