Caracterização específica e imunogênica de amostras de Malassezia ssp

Caracterização específica e imunogênica de amostras de Malassezia ssp

Título alternativo Specific and imunologic characterization of samples Malassezia ssp.: study of the humoral immune response of patients with pityriasis versicolor, seborheic dermatitis, atopic dermatis and healthy subjects
Autor Silvestre Junior, Agenor Messias Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Gompertz, Olga Fischman Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo As especies de Malassezia tem sido identificadas como membros da microbiota cutanea humana e da pele de animais e sao capazes de ocasionar dermatoses cutaneas severas e infeccoes sistemicas sob a influencia de fatores predisponentes. Para investigar a distribuicao de Malassezia spp. em quatro sitos anatomicos, nos propomos um teste microscopico direto semiquantitativo. (MDS) foram avaliados 70 pacientes com pitiriase versicolor (n=20), dermatite seborreica (n=20), dermatite atopica (n=20) e individuos sadios (n=10). As amostras de pele obtidas foram processadas com KOH+tinta Parker e foi analisada a presenca de estruturas fungicas em mais de 20 campos microscopicos, criou-se uma escala de valores arbitrarios. As culturas foram obtidas em meio Dixon-modificado e as especies identificadas por suas caracteristicas micromorfologicas e fisiologicas. A resposta humoral para os exoantigenos e citoplasmaticos de M. furfur, M. pachydermatis e M. sympodialis foram analisados por immunoblot, utilizando soros de pacientes com pitiriase versicolor (PV), dermatite seborreica (DS), dermatite atopica (DA) e individuos sadios. A especie de Malassezia mais isolada na PV foi M. furfur (34 por cento), e M. sympodialis (9 por cento). Nos pacientes com DS a frequencia de isolamento de M. furfur e M. globosa foi respectivamente 16 por cento e 14 por cento. M. sympodialis foi a especie mais identificada nos pacientes com DA (31 por cento). Porem nao houve diferenca estatisticamente significante. Os principais exoantigenos de M. furfur, M. pachydermatis and M. sympodialis reconhecidos por immunoblot foram as proteinas de 37 e 60 kDa (PV), 97 kDa (DS) e 40 kDa (DA), respectivamente. Os antigenos citoplasmaticos foram similares em todas as preparacoes, e os antigenos mais reconhecidos foram 66, 60 kDa (PV), 97kDa (SD), 40 e 63 kDa (AD) Uma avaliacao qualitativa da colonizacao das especies Malassezia nao representa um diagnostico valido. Contudo o teste microscopico direto semiquantitativo demonstrou ser uma tecnica pratica, rapida e sensivel para avaliar a ecologia e patogenicidade destas leveduras. E interessante especular sobre as evidencias de que as especies de Malassezia e seu antigenos variam de acordo com o sitio anatomoco estudado, dermatose diferntes regioes da Terra
Assunto Malassezia
Alérgenos
Pitiríase
Dermatite seborreica
Dermatite atópica
Malassezia
Allergens
Pityriasis
Dermatitis, seborrheic
Dermatitis, atopic
Idioma Português
Data 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 81 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 81 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18886

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta