Fatores de risco e letalidade atribuída da infecção da corrente sanguínea nosocomial por Stenotrophomonas maltophilia

Fatores de risco e letalidade atribuída da infecção da corrente sanguínea nosocomial por Stenotrophomonas maltophilia

Título alternativo Risk factors and attribute mortality of nosocomial bloodstream infection due to Stenotrophomonas maltophilia: influence of control-group selection in case-control and cohort studies
Autor Carneiro, Irna Carla do Rosario Souza Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Wey, Sergio Barsanti Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos: Estudar os fatores de risco associados a aquisicao da infeccao da corrente sanguinea nosocomial por Stenotrophomonas maltophilia e sua letalidade atribuida, assim como a influencia dos criterios de selecao dos grupos controles nos resultados. Casuistica e Metodos: Foram realizados estudos retrospectivos, do tipo caso-controle e estudo de coorte historico, com cinco grupos de controle diferentes. Os casos foram definidos como os pacientes com mais de 48 horas de internacao no Hospital São Paulo, no periodo de 01 de janeiro de 1996 a 31 de maio de 2002, que apresentavam pelo menos uma hemocultura positiva para S. maltophilia, com evidencia clinica de infeccao da corrente sanguinea. Foram formados cinco grupos de controles (pacientes internados por mais de 48 horas, durante o periodo do estudo, sem hemocultura positiva para S. maltophilia): Grupo I com seis criterios de pareamento (doenca de base, idade, periodo de risco, procedimento cirurgico, data de admissao, sexo) na proporcao de um 1:1; Grupo II formado por pacientes com evidencia clinica de infeccao da corrente sanguinea por outro bacilo Gram-negativo nao fermentador e pareados para doenca de base e idade (1:1); Grupo III, cujos pacientes nao apresentavam evidencia de infeccao da corrente sanguinea por outro bacilo Gram-negativo nao fermentador e com os mesmos criterios de pareamento do Grupo II (1:1). Os controles ditos de Unidade (Grupo IV) foram selecionados nas mesmas unidades dos casos, durante o mes de janeiro de 2000, sendo sorteados dois controles para cada caso (2:1). O Grupo V foi formado por pacientes localizados imediatamente antes e depois do paciente-caso na listagem geral de saidas do hospital (2:1). Resultados: Foram estudados 39 casos de infeccao da corrente sanguinea nosocomial por S. maltophilia. Na analise univariada com os controles do Grupo I, o cateter vascular central foi o unico fator de risco significante (p=0,02). O uso do imipenem foi significantemente maior entre os casos do que os controles do Grupo II (p=0,02). A ventilacao mecanica (p=0,04), o cateter vascular central (p=0,02) e o uso previo de antibiotico (p=0,04) foram os fatores de risco encontrados, comparando-se com os controles do Grupo III. A analise comparativa com os controles de unidade mostrou que a presenca de doenca potencialmente/rapidamente fatal (p<0,01), o dispositivo intravascular central (p<0,01), a presenca e tempo de ventilacao mecanica (p=0,01 e p<0,01)a(au)
Assunto Stenotrophomonas maltophilia
Fatores de risco
Mortalidade
Estudos de casos e controle
Idioma Português
Data 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 19 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 19 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18900

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta