Utilizacao de recursos e custos em artrite reumatoide

Utilizacao de recursos e custos em artrite reumatoide

Título alternativo Resource utilization and costs in rheumatoid arthritis
Autor Chermont, Gustavo Cunha Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos: Relatar e analisar a utilizacao de recursos em pacientes com artrite reumatoide atendidos em hospital universitario, atraves do Sistema unico de Saúde, no periodo de um ano, estimando os custos associados a essa utilizacao de recursos, sob a perspectiva da sociedade. Pacientes e metodos:) Cem pacientes com, artrite reumatoide foram avaliados retrospectivamente no I periodo de um' ano.) Dados, demograficos, socioeconomicos e clinicos foram coletados atraves de questionarios, sob a forma de entrevista, alem de consulta ao prontuario manuscrito. A qualidade de vida foi avaliada atraves do questionario Short Form-36 e do Health Assessment Questionnaire. Os custos foram classificados em diretos e indiretos. Dois outros cenarios foram criados (Planos e Seguros-Saúde e Consulta Medica Sem Subsidios) e analisados em conjunto. Resultados: A amostra estudada era composta predominantemente por mulheres (92 por cento) da raca branca (87 por cento) , com media de 51 anos de idade, casadas (51 por cento) , que estudaram ate a 44 serie (45 por cento), residentes em moradia propria (86 por cento) no municipio de São Paulo (87 por cento), com renda mensal media de R$ 412,00 e familiar media de R$ 1.043,00, em maior frequencia pertencentes a classe economica C (49 por cento), hipertensas (34 por cento), com artrite reumatoide ha 11 anos em media, HAQ medio de 0,95 e pertencentes a classe funcional 1 (48 por cento). Os escores do Short-Form-36 demonstraram queda da qualidade de vida e ficaram entre 49,64 e 70,00, sendo o pior escore o do componente dor. Os pacientes passaram em media 4 vezes em consulta e realizaram uma media de 21 exames complementares ao ano. Os custos com medicamentos representaram 75,6 por cento dos custos diretos totais e a droga mais utilizada foi metotrexato (88 por cento). Custos relativos a atividade medico-assistencial coresponderam a 14,5 por cento dos custos diretos totais. Os custos diretos nao medico-hospitalares foram representados por gastos com transporte, sendo responsaveis por 9,9 por cento dos custos diretos totais. Nenhum paciente contratou terceiros ou realizou adaptacoes domiciliares ou no trabalho devido a artrite reumatoide. Perdas de dias de trabalho foram calculadas e representaram 6 por cento dos custos totais. Os pacientes tiveram em media gastos proprios mensais para seu tratamento de Saúde de R$ 68,68, correspondentes a 6,6 por cento do orcamento medio familiar mensal. Conclusoes: O custo medio total para a sociedade no tratamento de pacientes com artrite reumatoide atendidos em hospital universitario foi de R$1.020,92 por paciente ano, Deste total 94 por cento representaram custos diretos e 6 por cento custos indiretos. A estimativa de custos para o tratamento de pacientes com artrite reumatoide atraves do SUS, pode corresponder a 0,63 por cento dos gastos totais com Saúde em nosso pais. A importancia em estudar a utilizacao dos recursos consiste nao so em avaliar a propriedade da pratica assistencial vigente, mas tambem os custos, ou seja, o impacto da doenca no sistema de Saúde
Assunto Artrite Reumatoide
Custos e Análise de Custo
Recursos em Saúde
Idioma Português
Data 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 112 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 112 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18962

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta