Uric acid as a monitor of oxidative stress in a random skin flap in rats

Uric acid as a monitor of oxidative stress in a random skin flap in rats

Título alternativo Ácido úrico como monitor do estresse oxidativo em um retalho cutâneo randômico em ratos
Autor Freire, Sueli Teresinha Autor UNIFESP Google Scholar
Ferreira, Lydia Masako Autor UNIFESP Google Scholar
Gomes, Heitor Carvalho Autor UNIFESP Google Scholar
Percario, Sandro Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To verify the possible role of uric acid as a monitor of oxidative stress in a random skin flap, in the rat. METHODS: This study utilized 21 adult male Wistar-EPM rats divided, at random, in three groups of seven animals, to evaluate the behavior of uric acid levels during oxidative stress zero, 5 and 15 minutes after elevation of the flap. According to the time schedule, skin samples were collected in order to allow determination of uric acid and malondialdehyde (MDA) levels. RESULTS: Uric acid levels in the skin samples did not change with time, but the values in normal skin were higher since the beginning. Malondialdehyde (MDA) levels in the skin samples remained stable throughout. CONCLUSION: Uric acid levels in the flap skin were lower than those in the normal skin, denoting local oxidative stress.

OBJETIVO: Verificar o possível papel do ácido úrico como monitor do estresse oxidativo em um retalho cutâneo randômico, no rato. MÉTODOS: Este estudo utilizou 21 ratos adultos Wistar-EPM, divididos, ao acaso, em três grupos de sete animais, para avaliar o comportamento dos níveis de ácido úrico durante o estresse oxidativo, aos zero, 5 e 15 minutos após a elevação do retalho. De acordo com os períodos de tempo estabelecidos, amostras de pele foram coletadas de modo a permitir a determinação dos níveis de ácido úrico e malondialdeído (MDA). RESULTADOS: Os níveis de ácido úrico nas amostras de pele não variaram com o tempo, mas os valores na pele normal foram maiores desde o início. Os níveis de malondialdeído (MDA) nas amostras de pele permaneceram estáveis. CONCLUSÃO: Os níveis de ácido úrico na pele do retalho foram menores que aqueles da pele normal, denotando estresse oxidativo local.
Assunto Surgical flaps
Lipid peroxidation
Uric acid
Rats
Retalhos cirúrgicos
Peroxidação lipídica
Ácido úrico
Ratos
Idioma Inglês
Data 2003-12-01
Publicado em Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 18, n. 6, p. 502-508, 2003.
ISSN 0102-8650 (Sherpa/Romeo)
Editor Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Extensão 502-508
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502003000600009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-86502003000600009 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1916

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0102-86502003000600009.pdf
Tamanho: 37.29Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta