Avaliação do estado nutricional materno e duração do aleitamento natural

Avaliação do estado nutricional materno e duração do aleitamento natural

Título alternativo Assessment of maternal nutritional condition and duration of breast-feeding
Autor Tudisco, Eliete Salomon Autor UNIFESP Google Scholar
Manoel, Nair De Jesus Autor UNIFESP Google Scholar
Goldenberg, Paulete Autor UNIFESP Google Scholar
Novo, Neil Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Sigulem, Dirce Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The nutritional condition of one hundred and ninety (190) low income parturients of the city of S. Paulo (Brazil) was measured and correlated to the duration of breast-feeding. The nutritional status was measured using the weight for height adequacy ratio. The role of health services in the weaning process was also investigated. The prevalence of protein-energy malnutrition in the pre-gestational, post-delivery and post-weaning periods was described and the nutritional status pattern during these periods was discussed: only the non-primiparous group of women showed a statistically significant difference in their nutritional status as between the three periods; no relationship between the mother's nutritional status and the duration of breast-feeding was observed. Health services' activities, and pre-natal and nursery routines were analized and showed a qualitative faillure that best explains the early weaning in the sample population studied.

Estudou-se o estado nutricional de 190 mães de baixa renda, primíparas ou não, residentes no município de São Paulo (Brasil), e sua relação com a duração do aleitamento natural. Na avaliação do estado nutricional empregou-se o critério de adequação de peso para a estatura. Investigou-se a participação do setor Saúde no processo de desmame. Descreveu-se também a prevalência de desnutrição no período pré-gestacional, no pós-parto e no pós-desmame, verificando-se o comportamento do estado nutricional nos três períodos. Observou-se que apenas entre as mulheres não-primíparas houve diferença estatisticamente significante do estado de nutrição nos períodos analisados. Quanto ao estudo da duração do aleitamento natural com o estado nutricional materno, não se encontrou associação significante entre estes eventos. Na tentativa de explorar outras variáveis, que estariam associadas com a ocorrência de desmame precoce na amostra estudada, enfocou-se a influência do setor Saúde, percebendo-se a falha qualitativa do mesmo quanto a orientação sobre aleitamento natural.
Assunto Breast feeding
Pregnancy
Weaning
Aleitamento
Gestantes
Desmame precoce
Idioma Português
Data 1984-08-01
Publicado em Revista de Saúde Pública. Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, v. 18, n. 4, p. 313-322, 1984.
ISSN 0034-8910 (Sherpa/Romeo)
Editor Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Extensão 313-322
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101984000400006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-89101984000400006 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/194

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0034-89101984000400006.pdf
Tamanho: 536.0Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta