Níveis séricos de ácido hialurônico e laminina e teste respiratório da 13C-metacetina na avaliação das alterações estruturais e da ativação microssomal hepática em portadores de hepatite crônica pelo vírus C

Níveis séricos de ácido hialurônico e laminina e teste respiratório da 13C-metacetina na avaliação das alterações estruturais e da ativação microssomal hepática em portadores de hepatite crônica pelo vírus C

Título alternativo Evaluation of liver parenchimal strutural abnormalities and microsomal activation in HCV-related chronic liver disease by serum levels hyaluron and laminin and 13C-methacetin breath test
Autor Oliveira, Ana Claudia de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Parise, Edison Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: A fibrose hepatica na doenca cronica pelo virus C, resulta do deposito anomalo e progressivo de componentes da matriz extracelular no figado, em decorrencia da acao das citocinas liberadas pela atividade inflamatoria desencadeada pela reacao imunologica a infeccao viral. Mais recentemente, tem sido proposto que tambem o estresse oxidativo pudesse contribuir para aumentar a fibrose do orgao. Essa maior formacao de especies reativas de oxigenio poderia decorrer de maior atividade do sistema microssomal hepatico. Objetivos: Em portadores de hepatopatia cronica pelo virus C, isentos de estigmas perifericos de doenca e sinais indiretos de hipertensao portal, nos propusemos a avaliar o valor discriminativo das dosagens serica do acido hialuronico (AH), da laminina (LMN) e dos parametros do teste respiratorio da '3C02-metacetina (TRM) em identificar fases evolutivas avancadas na doenca hepatica e estudar a relacao entre o grau de atividade microssomal hepatica, medida atraves da teste respiratorio da 13Cmetacetina, com os parametros histologicos e marcadores bioquimicos de fibrogenese. Casuistica e metodos: Foram estudados 40 pacientes divididos em dois grupos de acordo com o desarranjo estrutural (E) apresentado na avaliacao histologica, conforme criterios de Gayotto et ai, 2000 (GI: E = 0, 1 e 2; n=20 e Gil: E = 3 e 4; n=20). Apos jejum de 12hs, foram dosados em sangue periferico as concentracoes de AH, por metodo imunofluorimetrico, com anticorpo contra proteina de ligacao isolada de cartilagem bovina, e LMN, por ELISA, com anticorpos comerciais. O TRM, foi realizado com 75mg de 13C -metacetina e a quantificacao por espectrofotometria infra-vermelha nao-dispersiva, expressa como porcentagem da dose acumulada de 13C02 aos 120min (Ac120'). O valor de normalidade para o TRM, foi definido em grupo controle com 14 individuos saudaveis isentos de doenca hepato-biliar. Tambem foram avaliadas as concentracoes sericas de ALT, AST, GGT e plaquetas. Os valores foram expressos com media ± erro padrao medio e na analise estatistica foram utilizados os teste t de Student, X2, Mann-Whitney e correlacao de Spearmana(au)
Assunto Testes respiratórios
Laminina
Ácido hialurônico
Hepatite crônica
Citocromos
Idioma Português
Data 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 110 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 110 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19545

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta