Cuidando de residentes de medicina e outros trainees na area de Saúde

Cuidando de residentes de medicina e outros trainees na area de Saúde

Título alternativo Caring for medical residents and others health professionals trainees: experience of a center for psychological and psychiatric assistance at Escola Paulista de Medicina, Federal University of São Paulo, Brazil
Autor Fagnani Neto, Rafael Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Apresentar os dados relativos aos anos de funcionamento do NAPREME, atraves de uma analise descritiva das caracteristicas de sua clientela e funcionamento. Sabendo-se que o periodo de residencia medica e o mais desgastante para o medico, a universidade oferece atraves desse servico orientacao e apoio psicologico e psiquiatrico aos residentes e pos-graduandos. Metodos: desde o inicio do servico em 1996 informacoes estruturadas foram coletadas para cada paciente atendido, formando um banco de dados que abrange todos os casos desde entao. Resultados: No periodo de cinco anos, 233 residentes e pos-graduandos utilizaram-se do servico. E uma populacao jovem (26,6 (+/_ 4,42) anos), predominantemente feminina (80,3 por cento), onde solteiros correspondem a 82,4 por cento, constituida por medicos (31,3 por cento) enfermeiras (20,6 por cento) e muitos outros profissionais em treinamento na area de Saúde. Sao atendidos mais comumente transtornos depressivos e ansiosos, mas em 30 por cento dos casos o usuario procura por orientacao psicologica ou suporte com relacao a conflitos pessoais especificos. Tambem sao tratados casos graves (psicoses, bipolares, TOC, etc). Poucas diferencas estatisticamente significativas foram observadas entre os residentes e os demais grupos de PGs: os residentes sao um grupo mais masculino (32,1 por cento, p<0,01), com mais disturbios do sono (60,8 por cento, p=0,034), que necessita de mais afastamentos durante o tratamento (20,8 por cento, p<0,01), e constituido por mais individuos formados pela propria universidade (39,2 por cento, p=0,016). Os individuos formados pela propria universidade parecem constituir tambem um grupo peculiar: mais comumente moram com os pais (64,8 por cento), tendem a fumar mais (21,8°/a, p=0,018) e grande parte ja fez uma psicoterapia anterior a procura pelo servico (35,8 por cento p=0,023). Conclusao: O NAPREME constitui um servico de atencao psicologica sui generis, que atende a uma populacao com caracteristicas muito especificas, necessitando ser muito flexivel em seu funcionamento para atender a diferentes demandas. A decisao de atender a residentes e pos-graduandos em um unico servico parece acertada, uma vez que esses grupos, constituidos por jovens profissionais da area de Saúde em programas de especializacao, sao semelhantes entre si
Assunto Serviços de Saúde Mental
Internato e Residência
EDUCACAO Pós-graduação
Esgotamento Profissional
Saúde do Trabalhador
Idioma Português
Data 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 75 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 75 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19596

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta