Clinical and demographic profile of users of a mental health system for medical residents and other health professionals undergoing training at the Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

Clinical and demographic profile of users of a mental health system for medical residents and other health professionals undergoing training at the Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

Título alternativo Perfil clinico e demográfico dos usuários de um serviço de saúde mental para médicos residentes e outros profissionais da saúde em treinamento na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Autor Fagnani Neto, Rafael Autor UNIFESP Google Scholar
Obara, Cristina Sueko Autor UNIFESP Google Scholar
Macedo, Paula Costa Mosca Autor UNIFESP Google Scholar
Citero, Vanessa de Albuquerque Autor UNIFESP Google Scholar
Nogueira-Martins, Luiz Antonio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo CONTEXT: A postgraduate and resident trainee mental health assistance center was created in September 1996 within our university. OBJECTIVE: To describe the clinical and demographic profile of its users. TYPE OF STUDY: Retrospective. SETTING: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) - Escola Paulista de Medicina (UNIFESP-EPM). METHODS: The study was carried between September 1996 and November 2002, when 233 semi-structured registration forms were filled out either by the psychologist or the psychiatrist during their first contact with the trainees, who were medical and nursing residents, and postgraduate students at specialization, master or doctoral levels. The registration forms included demographic, occupational and clinical data. RESULTS: The trainees were predominantly young (mean of 27 years old), single (82.0% of cases), women (79.4%), seeking help especially during the first year of training (63.1%). In 70.8% of the cases, they came to the service spontaneously. Such individuals showed greater adherence to the treatment than those who were referred by supervisors (p < 0.05). In 30% of the cases, the trainee sought psychological guidance or support at the service due to specific situational conflicts. Depression and anxiety disorders were the most frequent diagnoses; 22.3% of the trainees followed up mentioned a tendency towards suicidal thoughts. In comparison with other trainees, there was a higher prevalence of males among the medical residents (p < 0.01), with more cases of sleep disorders (p < 0.05), a smaller number of individuals refraining from the use of alcohol (p < 0.05) and a higher number of trainees requiring leave of absence (p < 0.001). DISCUSSION: The first year of training in health sciences is the most stressful, especially for women. Depression and anxiety symptoms are common, reflecting transitory self-limited deadaptation. However, the severity of the cases can also be evaluated in view of the large number of trainees who mentioned suicidal tendencies. CONCLUSIONS: This study emphasizes the need and importance of providing formal, structured and confidential mental health services for medical residents and postgraduate students from other health professions, in the training programs of academic institutions.

CONTEXTO: O serviço Napreme foi criado em setembro de 1996 dentro de nossa universidade. OBJETIVO: Descrever o perfil clínico e demográfico dos usuários. TIPO DE ESTUDO: Retrospectivo. LOCAL: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) - Escola Paulista de Medicina (UNIFESP-EPM). MÉTODOS: Estudo de 233 registros semi-estruturados, preenchidos pelo psicólogo/psiquiatra, durante o primeiro atendimento do usuário (médico ou enfermeiro residente, pós-graduando ou especializando) no período de 01/12/1996 a 30/11/2002. O registro continha dados sócio-demográficos, ocupacionais e clínicos do usuário do serviço. RESULTADOS: Os usuários tinham idade média de 27 anos, predomínio do sexo feminino (79,4%), eram solteiros (82,0%), e procuravam ajuda no primeiro ano de treinamento (63,1%). Em 70,8% dos casos, a procura foi espontânea, sendo a adesão ao tratamento maior nesse grupo em comparação aos usuários que foram encaminhados por supervisores (p < 0,05). Em 30% dos casos, o usuário procurou o serviço em busca de orientação psicológica ou suporte com relação a conflitos situacionais específicos. Transtornos depressivos e ansiosos foram os diagnósticos mais freqüentes; 22,3% dos usuários atendidos referiram ideação suicida. Os médicos-residentes diferiram do restante dos usuários por serem predominantemente do sexo masculino (p < 0,01), com mais distúrbios do sono (p < 0,05), com menor número de abstêmios (p < 0,05) e por necessitarem de mais licenças e afastamentos (p < 0,001). DISCUSSÃO: Em conformidade com a literatura, o primeiro ano de treinamento é mais estressante, sobretudo para as mulheres. A maior parte dos sintomas apresentados é do espectro depressivo-ansioso, refletindo transtornos de adaptação. No entanto, a gravidade pode ser avaliada tendo-se como critério o grande número de casos em que tendências suicidas foram referidas. CONCLUSÕES: Este estudo enfatiza a necessidade e a importância de se prover serviços formais, estruturados e confidenciais de assistência à saúde mental para médicos residentes e pós-graduandos da área da saúde.
Assunto Health services
Internship and residency
Graduate education
Professional burnout
Occupational health
Mental Health
Serviços de saúde
Residência médica
Educação de pós-graduação
Estafa profissional
Saúde ocupacional
Saúde mental
Idioma Inglês
Data 2004-01-01
Publicado em São Paulo Medical Journal. Associação Paulista de Medicina - APM, v. 122, n. 4, p. 152-157, 2004.
ISSN 1516-3180 (Sherpa/Romeo)
Editor Associação Paulista de Medicina - APM
Extensão 152-157
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802004000400004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-31802004000400004 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1961

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1516-31802004000400004.pdf
Tamanho: 191.8Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta