Changes in eating habits following total and frontolateral laryngectomy

Changes in eating habits following total and frontolateral laryngectomy

Título alternativo Alterações dos hábitos alimentares em pacientes submetidos a laringectomia parcial frontolateral e total
Autor Pillon, Jackeline Autor UNIFESP Google Scholar
Gonçalves, Maria Inês Rebelo Autor UNIFESP Google Scholar
De Biase, Noemi Grigoletto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo CONTEXT: Swallowing is a continuous dynamic process, characterized by complex stages, that involves structures of the oral cavity, pharynx, larynx and esophagus. It can be divided into three phases: oral, pharyngeal and esophageal. Dysphagia is characterized by difficulty with, or the inability to swallow food of normal consistencies. OBJECTIVE: To investigate the presence of swallowing difficulties and modifications made to the consistency of the food consumed in cases of total and partial laryngectomy, with or without subsequent radiotherapy, among patients who had not been diagnosed as having dysphagia. TYPE OF STUDY: Descriptive study. SETTING: Voice Clinic of São Paulo Hospital, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)/Escola Paulista de Medicina, São Paulo, Brazil. METHOD: 36 laryngectomy patients: 25 total and 11 frontolateral cases, were studied. A survey consisting of a 23-item questionnaire was applied by a single professional. RESULTS: Among those interviewed, 44% reported having modified the consistency of the food consumed (56% of the total and 20% of the partial frontolateral laryngectomy cases). It was not possible to investigate the influence of radiotherapy on the groups in this study, because the partial frontolateral laryngectomy cases were not exposed to radiotherapy. There was a higher incidence of complaints of swallowing difficulties in total laryngectomy cases (p < 0.027) than in partial frontolateral cases. However, there was no relationship between the surgery and weight loss. We also noted the patients' other problems regarding the eating process, as well as the compensation that they made for such problems. DISCUSSION: Research has shown an association between laryngectomy and swallowing difficulties, although there have been no reports of associated changes in eating habits among laryngectomized patients. CONCLUSIONS: This study showed that difficulty in swallowing is not rare in total and frontolateral laryngectomy cases. Such patients, even those who did not complain of dysphagia, also had minor difficulties while eating, and had to make some adaptations to their meals.

CONTEXTO: A deglutição é um processo dinâmico e contínuo, caracterizado por etapas complexas, que envolve estruturas da cavidade oral, faringe, laringe e esôfago. Pode ser dividida em fases: oral, faríngea e esofágica. A disfagia é caracterizada por dificuldades ou inabilidade em deglutir alimentos em consistências normais. OBJETIVO: Investigar a presença de dificuldades de deglutição e mudanças nas consistências dos alimentos em pacientes submetidos a laringectomia total e laringectomia parcial vertical frontolateral, seguidos ou não de radioterapia e sem diagnóstico de disfagia. TIPO DE ESTUDO: Descritivo. LOCAL: Ambulatório de Voz do Hospital São Paulo, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) - Escola Paulista de Medicina, São Paulo, Brazil. MÉTODO: 36 pacientes laringectomizados: 25 submetidos a laringectomia total e 11 a laringectomia parcial frontolateral foram incluídos no estudo. Questionário contendo 23 itens, foi aplicado por uma única profissional. RESULTADOS: Dentre os entrevistados, 44% relataram modificações na consistência dos alimentos durante as refeições; dentre estes 56% eram laringectomizados totais e 20%, laringectomizados parciais frontolaterais. Não foi possível investigar a influência da radioterapia nos grupos deste estudo, pois os pacientes laringectomizados parciais frontolaterais não foram expostos à radioterapia. Houve alta incidência de queixas de dificuldades de deglutição entre os pacientes laringectomizados totais (p < 0,027). Entretanto, não houve associação entre cirurgia realizada e perda de peso. Observamos outras queixas relatadas pelos pacientes durante a alimentação, como problemas e compensações realizadas pelos pacientes. DISCUSSÃO: Pesquisas mostraram associação entre laringectomia e dificuldades de deglutição, porém não foram encontrados estudos associando mudanças de hábitos alimentares em pacientes laringectomizados. CONCLUSÃO: Este estudo mostra que a dificuldade na deglutição não é rara nos pacientes submetidos a laringectomia frontolateral e total. Os pacientes, mesmo aqueles que não apresentaram queixas de disfagia, também tiveram pequenas dificuldades durante a alimentação, fazendo algumas adaptações necessárias.
Assunto Food habits
Deglutition disorder
Laryngectomy
Deglutition
Head and neck neoplasms
Hábitos alimentares
Transtornos de deglutição
Laringectomia
Deglutição
Neoplasias de cabeça e pescoço
Idioma Inglês
Data 2004-01-01
Publicado em São Paulo Medical Journal. Associação Paulista de Medicina - APM, v. 122, n. 5, p. 195-199, 2004.
ISSN 1516-3180 (Sherpa/Romeo)
Editor Associação Paulista de Medicina - APM
Extensão 195-199
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802004000500003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-31802004000500003 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1969

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1516-31802004000500003.pdf
Tamanho: 178.1Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta