Comparação do padrão alimentar de mães de baixo nível sócio-econômico durante a fase de lactação e após o desmame

Comparação do padrão alimentar de mães de baixo nível sócio-econômico durante a fase de lactação e após o desmame

Título alternativo Comparison of the alimentary habits of mothers of low socioeconomic level before and after weaning, in S. Paulo city (Brazil)
Autor Tudisco, Eliete Salomon Autor UNIFESP Google Scholar
Manoel, Nair De Jesus Autor UNIFESP Google Scholar
Goldenberg, Paulete Autor UNIFESP Google Scholar
Juliano, Yara Autor UNIFESP Google Scholar
Novo, Neil Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Sigulem, Dirce Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The alimentary conditions of one hundred and ninety low-income parturients from S. Paulo city (Brazil) were assessed at two stages: during the breast feeding period (Inquiry I) and after it (Inquiry II). The twenty-four hour recall method was used to obtain the alimentary patterns and to estimate the nutritional risk. The results showed that the mother's alimentary pattern consisted of foods belonging to the protectors (beans, milk and meat); regulators (banana, orange, lettuce and tomato) and energetics (rice, bread, potatoes, noodles, refined sugar, vegetable oil) thus constituting a diet which is qualitatively satisfying. A relevant statistical difference between the two stages that were analyzed, as between the respective intake of milk, beans and coffee was found, showing a major intake of milk, during the breast feeding period (Inquiry I) and an increase of the ingestion of beans and coffee after weaning (Inquiry II). Apart from that, the deficiency revealed by Inquiry I was most often caloric-proteic while in Inquiry II the major deficiency was caloric, showing that the sample analyzed is a target group with high risk of protein-caloric mal-nutrition.

Analisou-se a ingestão de alimentos de 190 mães de baixo nível sócio-econômico, residentes no município de São Paulo, SP (Brasil) em dois momentos; durante a fase de lactação (Inquérito I) e após o seu término (Inquérito II). Para caracterizar o padrão alimentar do grupo e dimensionar o risco, utilizou-se o inquérito alimentar recordatório de 24 horas. Os resultados mostraram que o padrão alimentar das mães é constituído por alimentos pertencentes aos grupos de protetores (feijão, leite C e carne de vaca); reguladores (banana, laranja, alface e tomate) e energéticos (arroz, pão, batata, macarrão, açúcar refinado e óleo vegetal), indicando uma dieta qualitativamente adequada. Encontrou-se, ainda, diferença estatisticamente significante no consumo de leite, feijão e café nos dois momentos analisados, indicando um maior consumo do primeiro durante o aleitamento natural (Inquérito I) e um aumento na ingestão de feijão e café após o desmame (Inquérito II). Além disso, o déficit apresentado no Inquérito I foi na maioria das vezes calórico-protéico, enquanto que no Inquérito II foi predominantemente calórico, verificando-se que a amostra analisada representa grupo de risco à desnutrição protéico-calórica.
Assunto Nutrition surveys
Food habits
Breast feeding
Mothers
Inquéritos nutricionais
Hábitos alimentares
Alimento
Mães
Idioma Português
Data 1985-04-01
Publicado em Revista de Saúde Pública. Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, v. 19, n. 2, p. 133-145, 1985.
ISSN 0034-8910 (Sherpa/Romeo)
Editor Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Extensão 133-145
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101985000200004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-89101985000200004 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/201

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0034-89101985000200004.pdf
Tamanho: 672.2Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta