Estudo histomorfométrico e imunohistoquímico da uretra de ratas adultas após diferentes formas de parto

Estudo histomorfométrico e imunohistoquímico da uretra de ratas adultas após diferentes formas de parto

Título alternativo Histomorfometric and imunohistochemical study of the urethra of adult female rats after different routes of delivery
Autor Rocha, Mario Augusto Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Girão, Manoel João Batista Castello Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo:. Avaliar as modificações quantitativas das fibras nervosas, colágenas, musculares e elásticas na porção média da uretra de ratas adultas durante a prenhez e após parto natural, cesárea e após trauma de parto simulado. Métodos: Setenta ratas foram distribuídas em sete grupos: grupo 1 (n = 10) -controle; grupo 2 (n = 10) - ratas prenhas; grupo 3 (n = 10) - ratas submetidas à cesárea; grupo 4 (n = 10) - ratas que evoluíram com parto natural; grupo 5 (n = 10) -ratas virgens com trauma simulado de parto; grupo 6 (n = 10) - ratas submetidas à cesárea seguida de simulação de trauma de parto e grupo 7 (n = 10) - ratas que evoluíram com parto natural seguido de simulação de trauma de parto. Foram avaliados aspectos histomorfométricos e imunohistoquímicos (fibras nervosas, colágenas, musculares e elásticas) na uretra média dos animais. Resultados: Em relação ao número de fibras nervosas, os grupos 1, 2 e 3 tiveram médias significativamente superiores à dos demais grupos 4, 5, 6 e 7. A média da concentração de fibras colágeno e elásticas e a relação colágeno/fibra muscular nos grupos 1, 2 e 3 foram semelhantes e significativamente inferiores às dos demais grupos 4, 5, 6 e 7. A média de fibras musculares foi semelhante nos grupos 1, 2 e 3 e significativamente superior às dos grupos 4, 5, 6 e 7. Conclusões: A prenhez e a cesárea não induziram a alterações morfométricas nos parâmetros estudados (fibras nervosa, colágena, muscular e elástica). No entanto, o parto natural e a simulação de trauma de parto diminuíram as fibras nervosas e musculares, além de aumentarem as fibras colágenas e elásticas e a relação colágeno/fibra muscular.
Assunto Tecido conjuntivo
Fibras musculares esqueléticas
Fibras nervosas
Uretra
Idioma Português
Data 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 67 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 67 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20398

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta