Aspectos emocionais de casais submetidos à fertilização in vitro

Aspectos emocionais de casais submetidos à fertilização in vitro

Título alternativo Psychological aspects of couples undergoing in vitro fertilization treatment
Autor Montagnini, Helena Maria Loureiro Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Cedenho, Agnaldo Pereira Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: avaliar os estados emocionais de casais inférteis submetidos ao programa de fertilização in vitro e verificar a relação entre estado emocional das mulheres e ocorrência de gravidez Métodos: foram avaliados 20 casais com infertilidade conjugal primária após a transferência dos pré-embriões. A avaliação constituiu-se de uma entrevista estruturada contendo dados sociodemográficos e dados da história clínica, questionário de saúde geral, escala de depressão de Hamilton, inventário de depressão de Beck e escala de auto-estima de Rosenberg Resultados: no questionário de saúde geral, enquanto 25 por cento das mulheres apresentaram sintomas psicoemocionais (GHQ+), os homens não os apresentaram. Os escores das mulheres foram maiores do que os dos homens (p=0,001). Na escala de depressão de Hamilton, 30 por cento das mulheres apresentaram depressão leve e os homens não apresentaram sintomas. Os escores das mulheres foram maiores do que os dos homens (p=0,003). No inventário de depressão de Beck, 15 por cento das mulheres apresentaram disforia e depressão e os homens não apresentaram sintomas. Os escores das mulheres foram maiores do que os dos homens (p=0,021). Na escala de auto-estima de Rosenberg os escores das mulheres foram maiores do que os dos homens (p=0,004). Não foi verificada relação significante entre sintomas psicoemocionais, medidos pelo questionário de saúde geral e ocorrência de gravidez Conclusões: existe diferença entre o estado emocional de homens e mulheres submetidos ao programa de fertilização in vitro. As mulheres apresentaram mais ansiedade e sintomas depressivos e auto-estima mais baixa do que os homens. Estes não apresentaram sintomas nos instrumentos utilizados. O grupo de mulheres com sintomas psicoemocionais, segundo o questionário de saúde geral, mostrou tendência a não engravidar, porém, esta relação não foi significante..
Assunto Fertilização in vitro
Cônjuges
Ansiedade
Depressão
Autoimagem
Idioma Português
Data 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 65 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 65 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20444

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta