Translucência nucal no rastreamento de cardiopatias congênitas em fetos cromossomicamente normais

Translucência nucal no rastreamento de cardiopatias congênitas em fetos cromossomicamente normais

Título alternativo Nucal translucency in screening for congenital heart defects in chromosomally normal fetuses
Autor Bruns, Rafael Frederico Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Moron, Antonio Fernandes Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Avaliar a acurácia da medida da translucência nucal (TN) entre 11 semanas e 13 semanas e 6 dias como marcador ultra-sonográfico para rastrear cardiopatias congênitas (CC). Métodos: Estudo multicêntrico retrospectivo onde foram analisadas gestações únicas de fetos euplóides. A medida da translucência nucal foi realizada no exame de primeiro trimestre quando os fetos tinham entre 45 e 84 mm de comprimento cabeça-nádega (CCN), segundo os critérios estabelecidos pela Fetal Medicine Foundation. Resultados: Foram analisadas 3.664 gestações, das quais 20 recém-nascidos apresentaram alguma cardiopatia congênita diagnosticada até o primeiro mês de vida (prevalência de 0,55 por cento). A mediana da TN nos fetos com CC foi de 1,70 mm e nos fetos sem CC foi de 1,60 mm. Não houve diferença significativa entre as duas medianas (Teste de Mann-Whitney, p > 0,05). A sensibilidade da TN na detecção de CC variou de 15 a 20 por cento, com probabilidade de falso-positivos de 86,4 a 97,9 por cento, dependendo do ponto de corte utilizado. Entretanto a razão de chance para CC foi alta, quando comparada com as indicações clássicas de ecocardiografia fetal, variando de 4,7 a 33,7, de acordo com o ponto de corte utilizado. Conclusão: apesar da baixa sensibilidade do teste, a TN aumentada é um importante fator de risco para CC, devendo ser incluída na estratégia do seu rastreamento pré-natal.
Assunto Cardiopatias congênitas
Gravidez
Aberrações cromossômicas/diagnóstico
Idioma Português
Data 2005
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2005. 110 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 110 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20568

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta