Álcool com bebida energética: efeitos agudos e crônicos em camundongos

Álcool com bebida energética: efeitos agudos e crônicos em camundongos

Título alternativo Alcohol and energy drink: acute and chronic effects in mice
Autor Ferreira, Sionaldo Eduardo Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Souza-Formigoni, Maria Lucia Oliveira de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Diante da rápida popularização do uso combinado de bebidas alcoólicas com bebidas energéticas e do pequeno número de estudos sobre os efeitos desta mistura, pretendeu-se com este estudo investigar os efeitos agudos e crônicos de sua administração em camundongos. No teste de triagem farmacológica, não foram observadas alterações comportamentais indicativas de toxicidade aguda na faixa de 3,57 a 35,71 ml/kg de bebida energética, em observação realizada por 24 horas. No teste de locomoção, realizado em caixas de atividade locomotora, observou-se um aumento significativo deste comportamento após a administração aguda de bebida energética, sendo este efeito mais evidente com a dose de 10,71 ml/kg. A mesma dose administrada agudamente em combinação com 2,5 g/kg com álcool induziu aumento da locomoção no início do teste e reduziu o efeito depressor induzido pelo álcool. Não foram detectadas diferenças significativas na alcoolemia entre os grupos que receberam agudamente álcool com bebida energética ou apenas álcool. A administração de 2,0 g/kg álcool com 10,71 ml/kg bebida energética, três vezes por semana, até que se completassem 25 administrações, induziu aumento significativo da locomoção, desde o primeiro dia de tratamento até o final do mesmo, em comparação com os grupos que receberam apenas álcool, bebida energética ou água (controle). Os grupos não diferiram entre si em relação ao nível de atividade das enzimas hepáticas, ao peso dos principais órgãos ou nos exames histopatológicos. Também não foram observadas diferenças significativas nos níveis de alcoolemia entre os grupos que receberam álcool com bebida energética ou apenas álcool, na 1a, 13a e 25a sessões de tratamento. Em experimentos para avaliar os efeitos da administração de bebida energética na coordenação motora (Rota Rod), a dose de 10,71 ml/kg bebida energética não reduziu os prejuízos induzidos por 2,0 g/kg de álcool e sua administração isolada não alterou a coordenação motora. Em experimentos para avaliar a possível influência da administração de bebida energética no processo de desenvolvimento e na expressão da sensibilização comportamental ao efeito estimulante do álcool, demonstrou-se que a administração aguda de bebida energética com álcool induziu aumento significativo na expressão, tanto em animais classificados como de baixa sensibilidade, como naqueles com alta sensibilidade aos efeitos estimulantes do álcool. No processo de desenvolvimento da sensibilização, observou-se que o grupo tratado com álcool e bebida energética apresentou maiores níveis de locomoção que o grupo tratado apenas com álcool, sem que houvesse diferença quanto aos níveis de alcoolemia. Foi observado também aumento da proporção de animais estimulados pelo álcool, quando a bebida energética foi administrada simultaneamente. Os resultados obtidos sugerem que a bebida energética utilizada é um composto estimulante, capaz de reduzir o efeito depressor e de aumentar o efeito estimulante do álcool na atividade locomotora. No entanto, na dose utilizada, o composto não diminuiu a toxicidade do álcool, não reduziu os prejuízos na coordenação motora e não alterou sua taxa de metabolização. Outros experimentos devem ser realizados para identificar quais seriam os componentes ativos nos efeitos observados. São discutidas as possíveis implicações da ingestão combinada de álcool e bebidas energéticas no aumento do potencial para uso abusivo do álcool.
Assunto Etanol
Cafeína
Taurina
Atividade motora
Ingestão energética
Idioma Português
Data 2005
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2005. 106 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 106 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20575

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta