Densidade mamográfica assimétrica: como investigar? (Revisão de literatura e apresentação de rotina de investigação)

Densidade mamográfica assimétrica: como investigar? (Revisão de literatura e apresentação de rotina de investigação)

Título alternativo Mammographic asymmetric density: how to investigate? (Literature review and proposal of investigation routine)
Autor Louveira, Maria Helena Autor UNIFESP Google Scholar
Kemp, Claudio Autor UNIFESP Google Scholar
Ramos, Mônica Moron Autor UNIFESP Google Scholar
Freitas, Andréa Autor UNIFESP Google Scholar
Castro, Íris Moura Autor UNIFESP Google Scholar
Szejnfeld, Jacob Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The distribution of fibroglandular tissue in the breast is often symmetrical. Changes in that symmetry may indicate a hidden lesion in the parenchyma. The evaluation of asymmetric densities in the breast is one of the main day-to-day challenges for radiologists, i.e., differentiating normal superimposed structures from true parenchymal lesions. The knowledge of different techniques and resources used to investigate asymmetric densities as well as evaluation protocols are essential to establish the nature of the lesions. Asymmetric densities may be the only sign of breast cancer otherwise clinically and radiologically concealed.

A distribuição de tecido fibroglandular nas mamas ocorre em sua maioria de forma simétrica, e qualquer alteração nesta simetria pode ser indício de lesão oculta no parênquima. A avaliação da densidade assimétrica constitui, portanto, um dos principais desafios no dia-a-dia do radiologista, no sentido de diferenciar áreas de superposição de estruturas normais de lesões parenquimatosas verdadeiras. O conhecimento das diferentes técnicas e dos recursos que podem ser utilizados na investigação das densidades assimétricas é de grande importância, assim como o estabelecimento de protocolo de sua avaliação, para que a origem dessas densidades seja plenamente estabelecida, uma vez que elas podem representar a única manifestação de um câncer de mama oculto, clínica e radiograficamente.
Assunto Asymmetric density
Mammography
Invasive lobular carcinoma
Densidade assimétrica
Mamografia
Carcinoma lobular invasivo
Idioma Português
Data 2004-06-01
Publicado em Radiologia Brasileira. Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, v. 37, n. 3, p. 199-205, 2004.
ISSN 0100-3984 (Sherpa/Romeo)
Editor Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Extensão 199-205
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-39842004000300012
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-39842004000300012 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2119

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0100-39842004000300012.pdf
Tamanho: 490.3Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta